Ter um ícone excepcional é algo imprescindível para aumentar suas chances de sucesso nas lojas de aplicações. Foto: Georgejmclittle/Shutterstock.com

Para alcançar o sucesso com aplicações mobile, 10 dicas podem fazer a diferença:

 

1)    Monetize sua aplicação utilizando pagamentos e anúncios In App

Anúncios são um excelente modo de monetizar suas aplicações. Use anúncios de tela cheia na inicialização da aplicação e em outros intervalos de pausas normais. Integre anúncios de destaque (320x50) no cabeçalho ou no rodapé, onde fizerem sentido para sua interface.

No AppBrain Stats há uma lista das mais populares redes de anúncios, incluindo Admob, Millennial Media, InMobi, Chartboost, Tapjoy, dentre outras. 

Agregue pagamentos in-app para obter receitas com bens consumíveis, compras únicas e/ou baseadas em assinaturas de serviços. Ofereça tanto uma versão paga, sem anúncios, quanto a versão gratuita de sua aplicação. Crie um modo para desativar anúncios da versão gratuita através de compra in-app.

 

2)    Segurança das conexões de dados de sua aplicação com SSL

Os usuários mobile estão mais mobile que nunca, mudando do acesso wireless seguro para o 4G, depois para pontos de conexão wireless sem segurança, e isso várias vezes ao dia.

 Se você quer manter os dados de seus usuários à distância dos olhos curiosos de qualquer utilizador de pacotes espiões de rede, será preciso implementar criptografia de padrão da indústria como TLS/SSL (Transport Layer Security/Secure Sockets Layer). Bibliotecas testadas e aprovadas de terceiros são uma excelente saída.

 

3)     Encoraje os usuários a qualificar sua aplicação 

Ter boa qualificação em várias lojas de aplicações passa a ser mais importante do que nunca. Normalmente só as pessoas que querem dar notas baixas para sua aplicação acabam indo à página de qualificação para baixar a avaliação de sua aplicação. 

Você pode encorajar os usuários que realmente gostam de sua aplicação a declarar sua avaliação levando-os ao caminho certo. A terceira vez que a aplicação é utilizada é um bom momento para pedir que visitem a página de qualificação de sua aplicação na loja de aplicações de sua escolha.

 

4)    Crie e distribua ícones para sua aplicação 

Ter um ícone excepcional é algo imprescindível para aumentar suas chances de sucesso nas lojas de aplicações. Há mais de 30 diferentes tamanhos de ícones que você deve criar e distribuir para aplicações Android e iOS. 

Criar todos estes ícones pode ser uma tremenda tarefa. Existem utilitários que podem ajudar você com isso, como Mobile Gfx Setup, Paint.net. O Adobe Flash CC é um programa Windows comercial e mais avançado disponível em trial gratuito que permite que você crie e exporte seus ícones também com muita facilidade.

 

5)    Gerencie os eventos Ativar e Desativar do ciclo de vida da aplicação 

Quando as funções de sua aplicação estão todas prontas, seu serviço ainda não terminou. Uma das razões que determinam o sucesso ou o fracasso das aplicações é o polimento final que se dá a elas. Há eventos tanto no Android quanto no iOS que dirão à sua aplicação quando ela se torna ativa e quando volta aos bastidores. 

Você deve encontrar e gerenciar tais eventos para que sua aplicação ofereça uma experiência de usuário de qualidade. Teste e gerencie todas as várias ações de sua aplicação, como a de passar para sleep mode e voltar, ou apertar o botão de retorno.

 

6)    Não caminhe às cegas. Adicione análises à sua aplicação 

Implementando análises através das várias bibliotecas de análises de terceiros, como Google Analytics, Flurry Analytics, GameAnalytics e Parse Analytics, para manter a lista curta. Os fornecedores de análises têm seus próprios SDKs de Android, iOS e REST para integração. 

Registre pontos importantes dos dados, como a duração do uso da aplicação pelo usuário, quais telas são mais utilizadas, ou onde eles estão demorando demais ou desligando a aplicação. O mais importante aqui é tomar medidas com base nas informações fornecidas por tais análises. Ciclo e teste. Ciclo e teste.

 

7)    Use Notificações Push 

As notificações Push são um importante mecanismo para manter seus usuários envolvidos com a aplicação. Para mantê-los envolvidos será preciso encontrar o equilíbrio entre notificações push de menos ou de mais. 

As notificações push do Android são disponibilizadas via Google Cloud Messaging. Notificações push do iOS através do Apple Push Notification Service. A implementação das notificações push pode ser complicada, mas fornecedores terceiros como Parse, PushWoosh e Upsight(formerly Playhaven) facilitam esta tarefa para você.

 

8)    Threads ajudam na capacidade de resposta de sua aplicação

As threads permitem que você execute procedimentos de longa execução como um processo distinto. Use threads sempre que sua aplicação for bloquear as ações do usuário, como durante upload ou download de arquivos, no processamento de informações ou carregamento de dados. 

Quando a sua aplicação parece congelar, os usuários podem querer pular dela para outra. Se o usuário precisa esperar uma tela até que algo aconteça, pense em modos de mudar a arquitetura da aplicação para que o evento que eles teriam que aguardar ocorra em segundo plano.

 

9)    Verifique conexão com a rede antes de tentar conexão

 Conectividade móvel nunca é certeza absoluta. Se sua aplicação precisa de acesso à internet, você precisa de alternativas para lidar com cenários de ausência de conectividade. Use sistemas de queuing para upload e download de dados. 

Implemente capacidades de retomada de download de arquivos sempre que possível. Um modo offline no qual as capacidades online fiquem desativadas enquanto a conectividade não for restabelecida pode ser uma boa ideia.

 

10) Otimize o nome, a descrição e a distribuição de sua aplicação 

Escolha um nome funcional, descritivo ou único (ou uma mistura disso tudo) para ajudar no sucesso de sua aplicação. Fuja de nomes registrados. Uma boa descrição que deixe claro o que sua aplicação faz, quem são seus concorrentes e quais tecnologias você utilizou para construir a aplicação ajudará a fazer com que as pessoas a encontrem. 

Construir a aplicação é só o primeiro passo. Distribuí-la também é essencial para o sucesso, e se ela roda tanto em Android quanto em iOS você precisará distribuí-la para as maiores lojas de aplicações como Google Play, Apple App Store, Amazon Appstore e Samsung Apps. 

Cada loja de aplicações possui seu próprio sistema de envio, com regras distintas, mas o adicional de usuários que você obterá faz tudo isso valer a pena. Quem sabe se seu nicho está na Amazon Appstore ou na Samsung Apps?Embarcadero lança RAD Studio XE6, solução permite modernizar aplicações do Windows XP, o emparelhamento de aplicativos e dispositivos para vestir.

 

* Fernando Rizzato é Lead Software Consultant da Embarcadero na América Latina.