Rafael Sebben, CEO da Govbr. Foto: Leonardo Lenskij

A Govbr, especializada em software de gestão para prefeituras e órgãos públicos municipais, fechou o ano passado com um faturamento de R$ 120 milhões, uma alta de 9% frente a 2017.

A companhia está otimista para 2019, prevendo crescer 15% para R$ 138 milhões, embalada pelas promessas do novo governo federal de municipalizar recursos e acertar com as cidades brasileiras valores em atraso.

Presente em 429 dos cerca de 5,5 mil municípios brasileiros, a Govbr tem 751 clientes no total, incluindo na contagem órgãos de governo, câmaras e autarquias municipais.

“Estamos em um ano intermediário na gestão municipal, quando as prefeituras devem entregar para a população os planos que os levaram às suas eleições. Se o governo federal realizar a municipalização de recursos que prometeu, as cidades andarão ainda melhor e, por consequência, nossa empresa também”, afirma Rafael Sebben, CEO da Govbr.