Mercado Livre cresce 17% em 2015

01/03/2016 17:26

Puxada por expansão geográfica e receitas de serviços, faturamento em 2015 foi de US$ 651,8 milhões.

Mercado Livre em alta. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Mercado Livre divulgou nesta terça-feira, 01, os resultados referentes a 2015, indicando uma receita líquida da companhia em 2015 foi de US$ 651,8 milhões, um crescimento de 17% sobre 2014.

O lucro líquido da companhia no ano foi de US$ 105,8 milhões, um aumento de 46% comparado aos números registrados em 2014.

Somente no Brasil, a companhia teve uma receita líquida de US$ 290,6 milhões, crescimento de 6% em dólares e de 50% em reais. No total de transações realizadas pelo site, cerca de US$ 7,2 bilhões foram movimentados.

Além da venda de produtos no marketplace, que teve uma alta de 27% no número de artigos comercializados em relação a 2014, o site teve boa parte de seu crescimento impulsionado por ofertas complementares.

O total de transações de pagamentos realizadas via Mercado Pago teve um crescimento de 73,7%, chegando a 80,4 milhões de operações e a um volume total pagamentos de US$ 5,2 bilhões.

A empresa também destacou o crescimento gerado por serviços complementares ao marketplace, como envio de produtos, publicidade, e financiamentos oferecidos por Mercado Pago, que cresceu 57% em moeda constante em relação ao período do ano anterior.

"Este crescimento foi impulsionado pela adoção do parcelamento sem juros, principalmente no Brasil, e pela resposta positiva a este formato de pagamento lançado no quarto trimestre também no México e na Argentina", afirmou a empresa em nota.

A unidade de negócios Mercado Envios foi responsável pelo envio de 70% dos itens vendidos no Brasil durante o trimestre e por 50% do total vendido nos quatro países onde Mercado Envios é oferecido: Brasil, Argentina, México e Colômbia.

De acordo com o Mercado Livre, a ampliação do marketplace da empresa também foi acentuada com, 1.580 lojas oficiais de grandes marcas integradas à plataforma, assim como a abertura de operação na Bolívia, Paraguai e Guatemala. Ao todo são agora 16 países.

Veja também

CRESCIMENTO
DB1 agora é uma S.A

Empresa de Maringá almeja chegar a 2030 como uma das maiores do setor de TI no Brasil.

E-COMMERCE
Black Friday deve movimentar R$ 978 mi

Ticket médio deste ano deve ultrapassar a marca de 2014, de R$ 416,75, chegando a R$ 422,39. 

EXPANSÃO
Zup recebe aporte da Kaszek Ventures

Fundada em 2011, a Zup tem clientes como Vivo, Natura, Santander, Buscapé e Algar. 

FRETE
Axado entra no varejo físico

No ano que vem, a empresa espera ter 30 clientes do mundo offline.

APP
Yop abre escritório no Brasil

O aplicativo de compra e venda opera nos países Argentina, México e Colômbia desde agosto.

RANKING
Love Mondays lista as empresas mais amadas

Entre as 50 empresas listadas, sete são dos setores de internet, TI e telecom.