ECONOMIA

PIB cresce 1% em 2017

01/03/2018 14:19

Em 2015 e 2016, o resultado foi de quedas consecutivas de 3,5%.

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2017 subiu 1%. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2017 subiu 1% e fechou em R$ 6,6 trilhões. 

Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram um pequeno crescimento na economia do país após dois anos de recessão. 

Em 2015 e 2016, o resultado foi de quedas consecutivas de 3,5%.

Três atividades tiveram maior impacto no resultado da economia: agropecuária (alta de 13%), serviços (recuperação de 0,3%) e indústria (que ficou estável). 

“Apesar do peso relativo menor, a safra recorde [de milho e soja] representou a principal contribuição para o resultado positivo do PIB no ano”, explica Rebeca Palis, coordenadora de Contas Nacionais do IBGE.

O consumo das famílias também influenciou na recuperação, com alta de 1% em relação ao ano anterior (quando havia caído 4,3%).

Na indústria, o destaque é a alta na atividade de Indústrias Extrativas (4,3%), enquanto houve queda na Construção (-5,0%). Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e Indústria de transformação avançaram, respectivamente, 0,9% e 1,7%.

Entre as atividades que compõem os Serviços, Comércio cresceu 1,8%, seguido por Atividades imobiliárias (1,1%), Transporte, armazenagem e correio (0,9%) e Outras atividades de serviços (0,4%). 

Os principais resultados negativos foram Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (-1,3%), Informação e comunicação (-1,1%) e Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (-0,6%).

Veja também

ESTATAIS
Lava Jato bate na Celepar

Não está claro nesse momento qual é o envolvimento da estatal paranaense de processamento de dados na investigação.

MOEDAS
BNDES terá blockchain

A moeda ainda não tem nome, mas deve começar a circular em maio.

GOVERNO
Temer autoriza Nubank a ter braço financeiro

O Nubank poderá constituir um braço de negócio específico, a Nu Financeira.

ANTENAS
Operadoras pressionam Doria

Operadoras querem agilizar a aprovação de um novo marco regulatório para instalação de antenas.

 

PLANOS
MCTIC não desistiu de atrair data centers

Ainda está nos planos diminuir os impostos para novos data centers no país, acredite se quiser.

GOVERNO
Google pode explicar reforma da previdência

A empresa pode direcionar o conteúdo oficial a quem pesquisar sobre a reforma na internet.

AMÉRICA LATINA
Chile e Argentina disputam DC da AWS

Os países concorrem para sediar o segundo data center da AWS na América Latina.