SALAS VAZIAS

WeWork oferece descontos de 50% para inquilinos

01/04/2020 15:50

Na tentativa de obter receita durante a crise, empresa está buscando contratos de longo prazo.

Para reduzir as despesas, a empresa cortou 250 empregos na semana passada. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A WeWork ofereceu a alguns de seus inquilinos um desconto de 50% no aluguel em contratos de longo prazo para minimizar os cancelamentos durante a pandemia de coronavírus.

De acordo com o site Bloomberg, algumas das propostas são direcionadas a inquilinos dos Estados Unidos que assinam contratos mensais e estão concordando em assinar por dois ou três meses.

A publicação ainda ressalta que as fontes da informação pediram para não serem identificadas porque não estavam autorizadas a discutir os acordos publicamente.

Com sede em Nova Iorque, a empresa usa descontos para atrair inquilinos há muito tempo, mas vem fazendo ajustes mais regulares no programa desde a pandemia do coronavírus, que está levando as pessoas trabalharem em casa.

Em junho passado, mais de um quarto dos inquilinos da WeWork estavam em contratos mensais, segundo um registro de valores mobiliários consultado pelo Bloomberg.

Embora a maior parte dos escritórios do WeWork permaneça aberta, a empresa apoiada pelo SoftBank disse, na semana passada, que não espera mais atingir as metas financeiras para 2020. 

Para reduzir as despesas, a empresa cortou 250 empregos na semana passada.

Já a  Knotel Inc., concorrente da WeWork, disse na sexta-feira, 27, que reduzirá o número de funcionários pela metade.

Antes da crise do coronavírus, a WeWork já vinha de um momento complicado a nível mundial.

Após Adam Neumann, até então CEO da companhia, ter almejado levar a WeWork para a Bolsa de Valores de Nova York, o IPO acabou não acontecendo.

A companhia chegou a ser avaliada em US$ 47 bilhões, mas, segundo o site Tecnoblog, esse valor foi considerado superestimado. 

Além disso, a WeWork estaria gastando demais: só em 2018, o prejuízo foi de US$ 1,9 bilhão contra o US$ 1,8 bilhão de receita.

Veja também

VIDA DURA
Juízes do Ceará perdem gratificação por home office

Medida que aumentava os salários em 15% foi barrada pelo ministro Dias Toffoli.

EDUCAÇÃO
Oracle Academy tem evento on-line sobre cloud

Terceira edição brasileira do Virtual Student Day acontece no dia sete de abril.

OPS
General Heleno publica RG e CPF no Twitter

Internautas afirmam ter assinado Globoplay com os dados do ministro do GSI.

COVID-19
SENAI e indústrias consertam respiradores

Dez grandes empresas, maioria do setor automotivo, fazem parte da ação em 13 estados.

PRIORIDADES
LGPD deve ficar para 2021

Projeto de lei empurra início da vigência da lei de dados para agosto de 2021.

AÇÃO
Vivo e TIM mandam atendentes para casa

Operadoras conseguem executar virada de 100% do atendimento para home office.

GESTÃO
Dados são aliados em meio à crise do coronavírus

Quem interpretar a realidade e agir a partir de informações vai se sair melhor desse desafio.

O QUE FAZER
Gartner: cinco passos para lidar com Covid-19.

Como garantir a continuidade de negócios durante a pandemia de coronavírus?

OPORTUNIDADE
Coronavírus faz venda de PC bombar na Europa

Home office faz as vendas de notebook cresceram 51% em março.

HOME OFFICE
DMCard: call center em casa com AWS

Administradora de cartões mandou 214 funcionários para casa em uma semana.