Nicolás Szekasy, cofundador e sócio da Kaszek Ventures. Foto: Divulgação.

O fundo de capital de risco Kaszek Ventures fechou recentemente um novo fundo de US$ 200 milhões. O capital veio de investidores focados no setor de tecnologia em nível global e tem foco na América Latina.

Este é o terceiro fundo da Kaszek Ventures. A empresa levantou seu primeiro fundo, de US$ 95 milhões, em 2011, e o segundo, de US$ 135 milhões, em 2014.

O novo fundo é o maior já levantado por uma empresa de capital de risco na América Latina até o momento.

Até agora, a Kaszek Ventures apoiou 43 empresas, que coletivamente receberam aportes de capital de mais de US$ 1,4 bilhão de outros investidores. A empresa tem sido mais ativa no Brasil, onde alocou mais de 70% de seu capital, mas também realizou investimentos na Argentina, México, Chile, Colômbia e Uruguai.

"A revolução tecnológica está permitindo a sociedade redefinir inúmeros aspectos do nosso dia a dia e oportunidades de disrupção estão surgindo em todos os setores. Estamos muito entusiasmados de ver empreendedores extraordinários na região aproveitando essas tendências e desenvolvendo negócios inovadores", diz Nicolás Szekasy, cofundador e sócio da Kaszek Ventures.

A estratégia de investimento do novo fundo será semelhante a dos anteriores: investir em empresas de tecnologia de alto impacto, em estágio inicial, baseadas, e, pelo menos inicialmente, focadas na América Latina.

"O foco principal será investir em negócios onde a presença e o conhecimento local são vantagens competitivas críticas. A expectativa é que a maior parte do capital continue direcionado ao Brasil, que é o maior e mais desenvolvido ecossistema de tecnologia da região, mas antecipamos aumentar nossa atividade em outros mercados da região, particularmente Argentina, México e Colômbia", acrescenta Nicolás Berman, sócio da Kaszek Ventures. 

Os três sócios da Kaszek Ventures trabalharam por mais de uma década como executivos no MercadoLivre.

A empresa de capital de risco foi fundada em 2011 por Hernán Kazah (co-fundador e ex-COO/CFO do MercadoLivre) e Nicolás Szekasy (ex-CFO do MercadoLivre). Nicolás Berman, ex-diretor de Marketing e Vendas do MercadoLivre, também se juntou como sócio logo após a fundação da empresa. 

Algumas empresas do portfólio do fundo são Nubank, GuiaBolso, VivaReal, QuintoAndar, Gympass, Loggi, Dr.Consulta, Creditas, Netshoes, Zup, Konfio, Digital House e GoIntegro.