por Citrix
RETORNO

Como voltar para o escritório?

01/06/2021 10:33

Citrix tem guia em quatro passos para superar inseguranças em um momento complexo.

Pesquisa aponta que colaboradores tem temor de regressar ao trabalho normal. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A pandemia da COVID-19 transformou grande parte do mundo como o conhecíamos e também mudou os locais de trabalho e o modo como trabalhamos. Da noite para o dia, escritórios em todo o mundo foram forçados a fechar e descentralizar suas operações como nunca antes. Nos meses seguintes, as empresas tiveram de ajustar suas operações, tendo em vista um futuro ainda incerto.

No entanto, nem todos experimentaram essas transformações da mesma maneira. Para organizações que haviam implementado a tecnologia e a cultura do trabalho remoto antes da pandemia, essa situação, embora inesperada, trouxe menos interrupções. Para aqueles que, por outro lado, tinham essa transição pendente, o processo de adaptação foi maior.

Com base na própria experiência adquirida em 2020, quando, em poucos dias, mais de 8.300 colaboradores foram levados ao trabalho 100% remoto em 50 escritórios em 30 países ao redor do mundo, a Citrix desenvolveu um guia de quatro etapas para o gerenciamento do novo normal. Saiba sobre isso neste e-book para download.

As etapas para a transição

“A crise da COVID-19 apresenta um cenário sem precedentes para os tomadores de decisão: uma ruptura no panorama de negócios que acelerará o surgimento de um ambiente de trabalho verdadeiramente híbrido. É provável que essa experiência remodele o mundo corporativo como o conhecemos para sempre”, afirmou Meerah Rajavel, CIO da Citrix.

Algo está ficando cada vez mais claro: o retorno ao escritório não será como antes. Uma pesquisa da OnePoll conduzida para a Citrix revelou que 70% dos colaboradores não se sentem confortáveis em voltar sem os controles sanitários adequados.

Em um contexto incerto, uma única regra se destaca: nada pode permanecer igual por muito tempo. No entanto, ao tomar decisões, a segurança dos colaboradores deve ser uma prioridade. Todo o resto é potencialmente modificável.

É cada vez mais evidente que as diferentes equipes — recursos humanos, jurídico e a área de tecnologia, entre outras — deverão trabalhar em conjunto para estabelecer novas regras. Uma liderança sólida e humana é necessária hoje, mais do que nunca.

Ao mesmo tempo, tão importante quanto estabelecer espaços físicos — e emocionalmente — seguros, é encontrar um sistema que ajude a manter seus dados protegidos. Do ponto de vista tecnológico, isso inclui a incorporação de uma plataforma abrangente intuitiva, fácil de usar a partir de dispositivos móveis e que garanta uma conexão contínua.