Marcha Trans normalmente acontece no centro de São Paulo. Foto: Paulo Pinto/FotosPublicas.

Tamanho da fonte: -A+A

A Salesforce será uma das patrocinadoras da Marcha do Orgulho Trans da Cidade de São Paulo, que neste ano acontece numa versão digital nos dias 4, 11, 18 e 25 de junho.

Em nota, a Salesforce frisa que é primeira vez que a empresa apoia oficialmente uma marcha trans no mundo. 

O evento está em sua quinta edição e normalmente acontece no centro de São Paulo, com apresentações de artistas para um público de cerca de 5 mil pessoas.

A edição deste ano será menos animada, com palestras, incluindo Luana Gimenez, recrutadora sênior com foco em diversidade da Salesforce.

“A Salesforce tem a igualdade como valor, e esse patrocínio é mais uma oportunidade de reforçarmos sua importância. As empresas devem ser um reflexo da diversidade que existe na sociedade e esperamos que esse tipo de apoio se torne cada vez mais comum”, diz Fabio Costa, General Manager da Salesforce no Brasil.

O patrocínio à parada trans em particular pode ser inédito, mas o engajamento em causas do gênero já é quase uma regra das grandes multinacionais de TI no Brasil.

Microsoft e Zendesk, por exemplo, foram patrocinadores da 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo em 2019.

Outras empresas como SAP, HPE, Google, Dell, Oracle e IBM têm comitês internos e estão engajados em iniciativas relacionadas ao assunto.