Anthony Noto. Foto: divulgação.

O Twitter anunciou a contratação de Anthony Noto, ex-diretor do banco norte-americano Goldman Sachs, para ser o novo chefe financeiro (CFO), da companhia, que realizou no final de 2013 a sua oferta pública de ações (IPO) na Nasdaq.

Segundo informações da Reuters, Anthony Noto substituirá Mike Gupta, que assumirá o cargo de vice-presidente sênior de investimentos estratégicos na empresa de microblog.

Noto não é um estranho às finanças do Twitter, já que foi o executivo responsável pelo processo de venda de ações da companhia. Em novembro do ano passado, a companhia arrecadou US$ 1,82 bilhão com a venda de seus papéis na Nasdaq.

A chegada de um executivo de peso ao comando das finanças do Twitter esquentou o nome da companhia na bolsa, que elevou suas ações para US$ 42,54 cada, uma valorização de 3,83% sobre os papéis.

Por outro lado, o executivo não é lá um grande twittador. Com perfil @anthonynoto desde 2009, só fez 421 tweets.

Com oito anos de mercado, no último ano o microblog vem apostando em novas estratégias para se manter viva e lucrativa. Com cerca de 200 milhões de usuários, a empresa registrou em 2013 um faturamento de US$ 664 milhões.

Além de mudanças em seu quadro de colaboradores, a rede social firmou parcerias com canais de TV para impulsionar renda com publicidade. Além disso, recursos recentes como download de apps e testes com um botão de "compre agora" junto a lojas digitais parceiras são sinais desta nova postura.