E-MAIL

Hospital São José migra Zimbra para a nuvem

01/07/2021 12:06

Projeto foi da paulistana Unodata e contou com a aplicação de camada anti hacking.

André Biasi, coordenador de TI do hospital. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Hospital São José, localizado na cidade catarinense de Jaraguá do Sul, migrou a Zimbra, plataforma open source de correio eletrônico e colaboração, para a nuvem com a Unodata, consultoria paulistana especializada em soluções para e-mails.

Segundo o hospital, que já utilizava o e-mail da Zimbra instalado na rede local, o serviço oferece muitos desafios e barreiras quando usado desta maneira, pois os recursos são limitados e é necessário ter equipe interna para atender às solicitações de suporte.

Com o projeto, o objetivo era justamente liberar as equipes de TI da preocupação com a manutenção, além de reduzir os custos operacionais. No caso do e-mail na nuvem, o suporte pôde ficar por conta da Unodata.

A migração foi realizada em abril de 2020, sem qualquer relação com o início da quarentena imposta pela pandemia, de acordo com a empresa. 

No entanto, a mudança contribuiu para deixar a equipe de TI liberada para atender às demandas de todo o hospital durante o período, assim como garantir o acesso on-line aos colaboradores que podem trabalhar remotamente.

“O principal objetivo com a migração para o Zimbra Cloud foi atingido: ninguém da TI está tendo que cuidar do suporte aos 270 usuários e nossa equipe está tranquila cuidando de outras coisas”, conta André Biasi, coordenador de TI do hospital. 

Na migração para a nuvem, a instituição médica optou por adicionar uma camada de proteção, o Unodata Anti Hacking E-mail Cloud, que cria barreira de segurança nos servidores de e-mail acompanhada de criptografia, auditoria e aprendizado de máquina.

A solução foi integrada ao Zimbra Cloud para facilitar a criação de regras de acesso e criptografia e facilitar o atendimento à LGPD e GDPR, permitindo aumentar a quantidade de ameaças bloqueadas nos e-mails.

“A nuvem é um caminho sem volta e o uso da plataforma Zimbra Cloud reitera esta tendência, que oferece um ambiente tecnológico altamente eficaz”, avalia Biasi.

Inaugurado em 1936, o Hospital São José tem cerca de 80% dos atendimentos direcionados ao SUS e é referência de alta complexidade em neurocirurgia, ortopedia e traumatologia, oncologia e transplantes para as cidades da Região Norte e Nordeste de Santa Catarina.

Fundada em 2004, a plataforma da Zimbra inclui contatos, calendário, tarefas, mensagens instantâneas e compartilhamento de arquivos, além de videoconferências, criação de documentos e armazenamento. 

Presente em mais de 140 países, a companhia americana conta com 2 mil parceiros de canais. A ferramenta tem uma versão open source gratuita e outra paga, com suporte, conectores com Outlook e sincronização de contatos.

Atuando no mercado desde 2006, a paulistana Unodata também atua com as soluções AppRiver, Plesk, CloudAlly, Nextcloud, Engati e marca própria para consultoria, criptografia de e-mails e Antispam.

Entre os seus clientes, estão TV Cultura, Penalty, MCassab, RNP, Panini, America.net, Grupo Suprema, Hungaro Transportes e Cotrijuc.

Veja também

EDUCAÇÃO
PUCRS monitora ambiente com Paessler

A instituição adotou a solução PRTG Network Monitor com a integradora Eleven.

INOVAÇÃO
DBServer desenvolve app de saúde mental

Projeto para healthtech faz parte do DBPAR, um fundo de participações da empresa.

ASSINATURA
SoftwareONE usa Adobe Sign no Brasil

Plataforma de assinatura eletrônica agiliza processos na integradora de TI.

AUTOMATIZAÇÃO
Flex usa Sovos para tributos

Multinacional de manufatura de eletrônicos deixa planilhas para lá na área fiscal.

VISÃO
O ERP vai sumir

CEO da Omie faz previsão ousada sobre o mercado em artigo para o Baguete.

PROTEGIDO
Grêmio: segurança de rede com Sonicwall

O projeto no clube gaúcho teve implantação da Maxprotection Security Solutions.