IDENTIFICAÇÃO

Novo RG tem tecnologia da Meta

01/07/2022 06:25

Empresa desenvolveu o módulo de QR Code do novo documento nacional.

Telmo Costa, CEO da Meta. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A nova Carteira de Identidade Nacional (CIN), documento que deve substituir os velhos RGs ao longo da próxima década, tem tecnologia da Meta - não a dona do Facebook, mas a empresa brasileira de tecnologia.

A Meta, sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, desenvolveu a função de QR Code do CIN, um projeto antigo do governo brasileiro que começou a rodar para valer nesta semana.

O QR Code poderá ser lido por qualquer cidadão, o que abre muitas funcionalidades, como por exemplo agregar outros documentos como a carteira de estudante.

No caso da segurança pública, a polícia poderá checar com facilidade se a identidade é autêntica e se foi furtada ou extraviada.

A CIN tem o objetivo mais amplo de unificar a carteira de identidade em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal de maneira gradativa até 2032. Para usar o jargão da moda, esse é provavelmente o maior projeto de idtech em curso no país.

O novo documento é baseado no CPF e impede um problema grave do sistema atual de RGs, que em tese permite que  um mesmo cidadão tenha 27 identidades com numerações diferentes, uma em cada estado.

A novidade está inicialmente disponível no Acre, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal.

Os demais estados têm até março de 2023 para iniciar a emissão do novo modelo, que será gratuito na versão em papel, e pago na versão em policarbonato, um tipo de plástico usado para emitir documentos nos Estados Unidos e na Europa.

De posse da versão física, o cidadão pode baixar a versão digital no site Gov.br.

“Esse projeto, que traz um impacto social muito grande de inclusão e de redução de custo para o cidadão, minimiza ocorrências extremas de fraudes e até de possíveis roubo de identidade. São benefícios para o cidadão que representam o propósito da nossa companhia, que é gerar crescimento humano por meio da tecnologia”, afirma o CEO da Meta, Telmo Costa.

A Meta tem 31 anos de mercado e 2,5 mil colaboradores no Brasil e em 14 países, atendendo 300 clientes.

Veja também

INFRA
Unico migra para o Google Cloud

Player mais quente do mercado de IDTech migra para a nuvem do Google.

CVC
Valid começa a investir em startups

Empresa pretende colocar até R$ 300 milhões em empresas de três setores.

E-COMMERCE
Weiden agora é CTO da VTEX

A executiva tem no currículo empresas como Unico, Facebook e Google.

APP
Santander: biometria facial em massa

Novidade será usada por 10 milhões de correntistas. Projeto é 100% interno.

UNICÓRNIO
Unico levanta US$ 120 milhões

Com o novo aporte, empresa de idtech passa a ser avaliada em US$ 1 bilhão.

SELFIES
Havan tem pagamento com biometria facial

Funcionalidade é parte da solução da Acesso Digital e está em uso em todo país.