Adriano da Rocha Lima, CEO da WebRadar.

A WebRadar, empresa carioca de big data, acaba de receber um aporte de capital de valor não revelado da Citrix.

É o primeiro investimento da Citrix em uma empresa da América Latina. A Intel, que já havia anunciado um aporte através do Intel Capital em fevereiro, fez uma segunda rodada.

“A Citrix, com sua rede mundial de contatos no mundo da tecnologia, mostrou-se parceira ideal para a WebRadar nesse momento em que buscamos levar tecnologia inovadora para América do Norte, Europa e Ásia”, afirma Adriano da Rocha Lima, CEO da WebRadar. 

O anúncio acontece há menos de um mês após a WebRadar divulgar a aquisição da Brasil Telematics, empresa brasileira que atua no mercado de transportes, com soluções de software para medição, monitoramento e gerenciamento de frotas.

Fundada em 2008, a WebRadar já atende clientes em mercados como Brasil, México, Peru, Argentina, Chile, Bolívia, Portugal e Índia. As exportações totalizam 60% da receita, que não é revelada. 

Entre os clientes estão nomes como Nokia Siemens Networks, Nextel, Telefonica, Oi e Luft Transportes.

A forte presença na área de telecom é explicada por um uso da tecnologia da empresa em  configuração automática de redes celulares 2G, 3G e 4G,  gerenciamento de performance de redes, otimização e gerenciamento de inventários de redes.

Atualmente, as soluções da companhia monitoram mais de 500 mil ativos de seus clientes, coletando e processando mais de 800 milhões de novas informações por hora em seus servidores.

Algo na brisa marítima carioca tem fomentado a criação de startups de big data de sucesso na cidade.

Em outuro, a Intelie, outra empresa do Rio de Janeiro que desenvolve soluções de análise de dados em tempo real, recebeu um investimento de R$ 1,7 milhão da Totvs.

Fundada em 2009 por dois profissionais da Globo.com e um da Abacomm Brasil, a Intelie tem entre seus clientes o próprio portal de notícias da Globo, que usa a tecnologia da empresa para monitorar a infra por trás das votações do BBB, e o Walmart que controla vendas e ativos de TI.