Rodrigo Barreto, diretor da Somax.

A Somax, revenda do setor de automação comercial e mobilidade, fechou 2014 com um faturamento de R$ 15 milhões. O índice representa um aumento de 35% em relação ao resultado do ano anterior. Para 2015, a meta é ter alta de 30% na receita.

Segundo a empresa, o carro-chefe do crescimento foi o segmento de projetos corporativos em mobilidade, em especial no varejo e no mercado de transportadoras. 

É nesse segmento que a empresa aposta para 2015. Se em 2014 a divisão de receitas ficou em cerca de 50% para automação e 50% para mobilidade, a expectativa é que nesse ano o segundo fique com 65%.

“Além de ser uma área que está em alta, os projetos de mobilidade tem custo mais alto, o que contribui para o aumento da representatividade da área”, explica Rodrigo Barreto, diretor da Somax. 

Segundo ele, a empresa atendemos grandes redes de varejo, como Paquetá, Lojas Colombo e Lojas Lebes, transportadoras do Rio Grande do Sul.

“Nesses segmentos, a busca por soluções que envolvam mobilidade aumentaram muito, sem falar que o processamento de informações em campo trazem grandes benefícios a quem utiliza essa tecnologia”, relata.

Para expandir os negócios na área de mobilidade, a empresa aposta em projetos que envolvam atendimento com dispositivos móveis nas redes de varejo. 

“Estamos com vários projetos em andamento que devem ser finalizados ao longo de 2015. O vendedor da loja conseguirá fazer a pré venda e até mesmo a finalização da venda usando um dispositivo móvel”, explica.

A empresa também investiu em uma loja virtual para alavancar as vendas. Além disso, contratou a agência Interativa Conteúdos para gerenciar a marca na internet e investir no Google Adwords.

“O investimento é para que as buscas nos coloquem em condições de trazer os clientes para dentro da nossa loja. Com isso esperamos dobrar o faturamento vindo dessa vertical”, finaliza Rodrigo.

A Somax foi fundada há 6 anos e conta com 18 colaboradores. A empresa atende clientes como Grupo Herval, TW Transportes, Asun Supermercados, Comercial Zaffari, entre outros.