Ana Amélia deve ser candidata ao governo do RS. Foto: Marcos Oliveira /Agência Senado

Tamanho da fonte: -A+A

Ana Amélia Lemos, senadora pelo PP gaúcho e virtual candidata ao governo do estado em 2014, fala em reunião fechada com associados do Instituto de Estudos Empresariais (IEE) neste sábado, 04.

O IEE é a ONG organizadora do Fórum da Liberdade, evento dedicado a disseminar ideias liberais em economia organizado anualmente em Porto Alegre.

A instituição tem  entre seus apoiadores empresas como Taurus, Gerdau, Ipiranga, Grupo Meta e PwC. Atualmente o IEE conta com cerca de 150 associados ativos, entre 20 e 35 anos, que participam semanalmente de eventos internos.

O encontro pode ser considerado parte da movimentação pré-eleitoral de Ana Amélia.

Apesar de não ter aberto publicamente sua candidatura, a ex-jornalista da RBS é mencionada constantemente por lideranças do PP como o nome para concorrer ao governo do Rio Grande do Sul.

Parte da especulação inclui uma coligação com o PSB, que aparentemente concorrerá na eleição presidencial com o governador de Pernambuco,  Eduardo Campos, como candidato.

Campos esteve na última edição do Fórum da Liberdade como parte de uma agenda eleitoral não declarada que incluiu ainda uma passagem pela Federasul. Uma candidatura de Ana Amélia ofereceria um palanque para Campos no estado.

A senadora está no seu primeiro cargo público, mas chegou lá embalada por 29,54% dos votos válidos em 2010, superando nomes tradicionais como o ex-governador Germano Rigotto (PMDB).