Walter Rauen, presidente da Guerra. Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A Guerra, fabricante de implementos rodoviários com sede em Caxias do Sul, assinou um protocolo de cooperação com o Badesul, no valor de R$ 86 milhões, para investimento em cinco projetos de ampliação e modernização de fábricas na Serra Gaúcha.

Os projetos compreendem unidades em Caxias do Sul e Farroupilha, e, segundo Walter Rauen, presidente da Guerra, trarão incremento de mais 20% na produção de todas as linhas da empresa.

Os recursos do Badesul começarão a ser liberados ainda em 2012, e o projeto de ampliação e modernização deverá estar concluído em 24 meses.

O roll de produtos da Guerra inclui furgões, tanques, baús lonados, graneleiros, carga seca, florestal, canavieiros, porta-contêineres e basculantes, nos modelos semirreboques, bitrens e rodotrens.

A companhia exporta para 16 países, além de contar com 39 distribuidores nomeados em todas as regiões do Brasil.

Pontos de assistência técnica e de venda de peças de reposição complementam a rede da empresa gaúcha.