GOVTECHS

Oracle tem projeto com BrazilLab

02/08/2022 09:41

Ideia é estimular as startups focadas no setor público, começando por um estudo de mercado.

João Pacheco Fernandez, vice-presidente de setor público para Oracle América Latina. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Oracle e a BraziLab, uma aceleradora especializada em empresas que tenham tecnologias para o setor público ou interesse em entrar nessa área, vão produzir um estudo de mercado para analisar o estado atual do ecossistema govtech no Brasil.

Segundo a companhia, o objetivo é mapear as principais startups do setor e entender quais são os desafios e oportunidades para esse segmento, especialmente a partir dos novos marcos legais recentemente editados — a Lei de Governo Digital, a nova Lei de Licitações e o Marco Legal de Startups. 

O projeto é o pontapé de uma parceria iniciada ainda em 2020, que também permite que a Oracle participe de palestras, eventos e trocas de conhecimento sobre inovação e tecnologia com o BrazilLab.

“Ter uma empresa global como a Oracle se juntando a outras grandes organizações para apoiar nossos esforços de inovação e transformação digital no Brasil reforçam nossa convicção no que foi feito até aqui e aumentam nossa confiança de ampliar cada vez mais o alcance de nossas iniciativas", afirma Guilherme Dominguez, CEO do BrazilLab.

De acordo com a primeira edição do GovTech Maturity Index (GMI) publicado em 2021 pelo Banco Mundial, o Brasil é o sétimo país com a mais alta maturidade em governo digital no mundo. Entre os 10 primeiros colocados, é o único com mais de 100 milhões de habitantes.

“Como uma grande empresa de tecnologia, a Oracle entende o seu dever em investir e ajudar agentes de inovação que têm como objetivo trabalhar diretamente com o governo para transformar a situação econômica e social do Brasil por meio da modernização e da tecnologia”, explica João Pacheco Fernandez, vice-presidente de setor público para Oracle América Latina.

Há 30 anos no Brasil, a Oracle conta com mais de 2 mil colaboradores no país e tem escritórios em Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.

O faturamento da companhia é divulgado globalmente e, no ano fiscal de 2021, foi de US$ 40,5 bilhões, alta de 4% em relação ao período anterior.

Fundado em 2016, o BraziLab atua no fortalecimento do ecossistema de empresas privadas de softwares para o governo, tanto em nível nacional quanto internacional. A organização já acelerou mais de 130 startups e 49% dessas soluções estão rodando no setor público.

Veja também

BOLETOS
Oracle aumenta suporte em 8% nos EUA

Contratos prevêem reajustes pela inflação. Subidas devem ser mundiais.

SERVIÇOS
Furukawa adota Oracle RAC com Ninecon

Fabricante japonesa otimizou 10% de carga de uso de servidores com a solução.

BAFO
Calor derruba data centers no Reino Unido

Recorde histórico de 40,3 graus em Londres foi demais para Google e Oracle.

LIDERANÇA
Gabriel Vallejo é novo COO da Oracle

Executivo irá liderar as áreas de marketing e operações na companhia.

PRESENÇA
Inetum vende Celonis no Brasil

Celonis é uma startup quente na área de mineração de processos.

REGIÕES
Run2biz reforça operação regional

Contratações focam no Sul, Norte, Nordeste e Sudeste.