BATERIA

Carro elétrico paulista levanta R$ 6,3 mi

02/09/2014 17:02

A participação do CPqD, com apoio do BNDES, será no desenvolvimento da bateria.

O veículo vai de 0 a 100Km/h em menos de três segundos. Imagem: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O BNDES Fundo Tecnológico (BNDES Funtec) realizou um investimento de R$ 6,3 milhões na Electric Dreams, empresa da Incubadora de Negócios gerida pelo Centro para Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista que está desenvolvendo um carro esportivo elétrico que utiliza diversas tecnologias derivadas da indústria aeroespacial. 

A participação do CPqD, com apoio do BNDES, será no desenvolvimento de um elemento essencial para o esportivo: o sistema de armazenamento de energia (bateria).

O desenvolvimento deste subsistema do veículo será financiado com o aporte do BNDES Funtec. 

O veículo vai de 0 a 100Km/h em menos de três segundos e sua autonomia é de 400 km, minimizando um dos principais desafios de um veículo elétrico, a infraestrutura para recarga da bateria. O novo veículo deverá chegar ao mercado em 2016.

Entre vários outros recursos, o modelo terá ainda sensores que enviarão dados ao sistema de controle para possíveis correções de trajetória do carro, tornando o veículo ainda mais seguro. 

A bateria desenvolvida pelo CPqD será hibrida, combinando tecnologias de lítio e ultracapacitores. O centro também irá responder pelo inversor, sistema que controla o motor nas rodas. 

A Incubadora de Negócios foi implantada em São José dos Campos em 2005.

Veja também

EDITAL
BNDES: R$ 200 milhões para o Criatec 3

O fundo terá investimentos de até R$ 200 milhões e duração de dez anos.

INVESTIMENTO
BNDES: R$ 41,3 mi para seis empresas

Financiamento contemplará empresas de TI no Ceará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo

FAÇA O QUE EU DIGO?
BNDES: R$ 28 milhões em SAP

Instrumento número 1 do governo de fomento ao software nacional prefere tecnologia alemã em casa.

AVANTI
BDMG: R$ 6,25 mi em fundo para TICs

Com duração de 10 anos, fundo quer ter participações em 8 a 10 empresas de TI.

FINANCIAMENTO
B2W e Americanas: R$ 2,66 bi do BNDES

A Lojas Americanas receberá R$ 1,2 bilhão do banco e para B2W será destinado R$ 1,46 bilhão.

INCUBADORA
Empresas do Midi devem crescer 63%

As empresas esperam uma receita de mais de R$ 118 milhões para 2014.

CAPITAL
Governo vai estimular IPOs

Hoje, apenas Totvs, Bematech, Linx e Senior Solution tem ações negociadas na Bovespa.

INVESTIMENTO
Light: R$ 750 milhões em smart grid

Licitação para a aquisição de 1 milhão de medidores teve Landis+Gyr como vencedora.