Filipe Barroso.

Tamanho da fonte: -A+A

A Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Fadergs), sediada em Porto Alegre, acaba de ter aprovado pelo Ministério de Educação seu novo status como centro universitário.

A decisão dota a Fadergs de mais autonomia para a criação de novos cursos e ampliação dos já existentes, além das atividades de iniciação científica, extensão e de ações comunitárias. 

"Nossa estratégia é seguir nesse caminho da alta qualidade no ensino aliada à moderna infraestrutura e um quadro docente de alto nível, composto por 85% de mestres e doutores", destaca o diretor acadêmico  da Fadergs, Filipe Barroso. 

Em dezembro do ano passado, a Fadergs criou o curso de Jogos Digitais. Meses antes, em agosto, havia iniciado a primeira turma de Ciência da Computação. 

Opções de graduação em Redes de Computadores são oferecidas desde 2013 e Análise e Desenvolvimento, desde 2012. 

Barroso foi diretor executivo do Parque Tecnológico do Vale dos Sinos (Valetec), parque tecnológico administrado pela Feevale em Novo Hamburgo; vice-presidente da Rede Gaúcha de Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos (Reginp) e atuou em projetos de gestão e melhoria de processos na Balt-Audit-Expert, em São Petersburgo, na Rússia.

A Fadergs possui nota 5 (numa escala de 1 a 5) no Índice Geral de Cursos (IGC) do MEC. 

A instituição é parte da rede Laureate Brasil é formada por 12 instituições de ensino superior, com mais de 50 campi em oito estados brasileiros. A Laureate International Universities é formada por mais de 80 instituições de ensino em 29 países nas Américas, Europa, Ásia, África e Oriente Médio.