SAS registra novo crescimento. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O SAS anunciou nesta terça-feira, seus resultados de 2014, registrando uma receita de US$ 3,09 bilhões, crescimento de 2,3% em relação a 2013. Segundo a companhia, é o 39º ano consecutivo de crescimento para a companhia.

Segundo destaca a desenvolvedora, o resultado foi obtido pela demanda crescente de soluções que envolvem visualização de dados na nuvem (cloud analytics).

A receita do SASCloudAnalytics cresceu em 24% ao redor do mundo em 2014, com mais de 400 consumidores. Com o crescimento, o SAS inaugurou um novo prédio em sua matriz, na Carolina do Norte, para sediar a equipe de soluções onDemand.

De acordo com a companhia, a demanda pelo SAS Visual Analyticstambém está em crescimento. Lançado há dois anos, o produto é licenciado em, aproximadamente, 3,4 mil locais e sua receita aumentou 12%.

As novas atualizações do software de visualização de dados proporcionaram aos consumidores opções de desenvolvimento incluindo a nuvem pública e a flexibilidade para usar diversas fontes de dados, incluindo Hadoop e SAP HANA.

A receita global do SAS teve crescimento acentuado na região da Ásia/Pacífico e também nas Américas. Serviços financeiros, governo, seguros, comunicação, manufatura, varejo, saúde e ciências biológicas continuam representando a maior proporção da receita industrial da companhia.

O crescimento foi conduzido por um aumento de 23% das organizações governamentais, incluindo a Administração de Segurança Social dos Estados Unidos, seguido do aumento de 21% da receita de pesquisas biológicas.

O SAS não deu resultados específicos sobre o Brasil e América Latina, mas a região teve papel importante no plano de negócios da companhia em 2014. Além de contratos firmados com empresas como Grupo Renac, Banco Volkswagen, Klabin e Sicredi, a empresa fez diversas mudanças em sua estrutura para impulsionar negócios.

O forte aquecimento no mercado também motivou a promoção do diretor comercial da empresa, Cássio Pantaleoni, para o cargo de vice-presidente do SAS Brasil. Em janeiro, Márcio Dobal foi nomeado vice-presidente da companhia para a América Latina.

No Brasil desde 1996, o SAS Brasil conta com 200 clientes, escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, cerca de 170 colaboradores e atua em diferentes setores como finanças, telecomunicações, varejo, energia, governo, manufatura e educação.