Bel Pesce agora ministra aulas. Foto: flickr.com/photos/tedxufpr

Depois de sete anos morando no exterior, Bel Pesce resolveu que quer fazer sua parte na revolução da educação. A jovem de 25 anos começou a ministrar esta semana uma série de cursos que focam em empreendedorismo no projeto FazInova. E pretende levar a iniciativa para dentro de empresas.

A ideia é futuramente fornecer seus conteúdos em formato de ensino à distância e firmar contratos com companhias para realizar as qualificações de forma personalizada aos colaboradores.

Ex-aluna do MIT (Massachusetts Institute of Technology),  fundadora da startup Lemon e autora do livro Menina do Vale, em que fala da sua passagem pelo Vale do Silício, a empreendedora voltou para o Brasil com a obsessão de iniciar um projeto voltado para a educação.

“Não estou aqui para criticar o sistema. Até porque o que aprendemos na escola é incrível. Quero fazer minha parte, são cursos complementares”, explica Bel sobre o projeto em parceria com o colégio em que realizou sua formação no ensino médio, o Etapa, de São Paulo.

A grade dos cursos foi criada pela própria, assim como o atendimento a cada pergunta enviada pelo contato do site. No momento em que conversava com o Baguete, Bel respondia online às questões frequentes dos interessados.

“Inicialmente, optei por fazer tudo sozinha porque acho importante cuidar de todos os detalhes de uma empresa iniciante”, explica. Os cursos, que tem a duração deste mês, serão avaliados por ela e devem ser o ponto inicial para um projeto maior.

No formato tradicional de curso iniciado esta semana, as salas de Bel logo lotaram por sua grande rede de networking.

Por exemplo: Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil segundo o ranking de bilionários da Forbes de 2013, apoiou a novidade. O empresário é um dos controladores da AmBev, dono da rede Burger King, do Submarino, da Americanas.com, entre outros.

E se a iniciativa para o meio corporativo será bem sucedida, nem ela tem certeza, mas há bons indícios: o Bradesco, por exemplo, já comprou um pacotes dos cursos para matricular funcionários.

O público-alvo abrange pessoas de 15 a 60 anos, porque Bel não gosta de hierarquizar as pessoas por nível de conhecimento ou de tempo de carreira.

“Meus pais nunca trabalharam com empreendedorismo, nem são amigos de empresários conhecidos. Conheço pessoas do meio hoje porque sou cara de pau e converso com todo mundo”, brinca.

As três primeiras ofertas são “As grandes habilidades do dia a dia”, “Empreendedorismo sem enrolação” e “Inovação aplicada a desafios reais”. O investimento é de R$ 1.825 para 20 horas de conteúdo.

“É claro que os primeiros alunos serão meus cobaias, mas ao mesmo tempo vão me ajudar a construir um projeto ambicioso em que quero me comprometer por toda a vida”, revela.

Humilde e simples, Bel é frequente em palestras sobre em empreendedorismo e não se deslumbra com isso. Acredita que as pessoas gostam de ouvir sua história porque é composta por aspectos reais, com erros e acertos.

“Heróis são irreais, você nunca será como eles. Por isso, é muito bom quando você pode mostrar para as pessoas que fez algo legal e que elas também podem. Não tenho nada especial, sou comum, mas nunca fui preguiçosa. Tudo que consegui é fruto muito mais de esforço e suor do que de qualquer outra coisa”, afirma.

Nessa mesma linha de pensamento, a empresária diz que inicar uma startup no Brasil tornou-se o novo “eu tenho uma banda”, com pouca compreensão do mercado.

“Vejo hoje o empreendedorismo glamurizado. As pessoas se espelham só em histórias de sucesso. Isso é muito perigoso”, alerta.

Ainda para este ano, outro projeto é publicar mais um livro, desta vez mais abrangente sobre relacionamentos e autoconhecimento.

LEITURAS
Bel Pesce também indicou livros que considera importantes para quem quer começar ou se aprofundar no empreendedorismo:

- O Poder do Hábito: por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios, de Charles Duhigg.
- Startup, de Jessica Livingston
- Startup Brasi, de Pedro Melo
- Four Steps To The Epiphany, de Steve Blank
- Steve Jobs: A Biografia, de Isaac Walterson
- Se eu soubesse aos 20 - Lições para ser bem sucedido em qualquer idade, de Tina Seelig
- Perdendo minha virgindade, de Richard Branson
- A startup enxuta (Lean Startup), de Eric Reis