Flávio Barros.

A Consinco, desenvolvedora de sistemas de gestão para redes de varejo, atacado e distribuição, vai entrar no mercado de software para pequenos varejos com a abertura da nova empresa Mobne.

O companhia vai focar em lojas menores ou nas operações de vizinhança das grandes redes, oferecendo um software na nuvem com a expectativa de atender a 120 clientes no primeiro ano de atuação. A ideia é atender estabelecimentos com até cinco checkouts.

"A Mobne atende a um novo segmento que a Consinco não foca hoje por ter uma ferramenta muito robusta e com recursos que vão além do que o segmento de vizinhança exige", destaca Flávio Barros, CEO da Consinco.

Com suas soluções para redes de varejo, a Consico atende mais de 220 grupos de lojas, que somam 2,7 mil estabelecimentos.

A partir do lançamento da Mobne, que acontece oficialmente na segunda-feira, 07, a Consinco para a atuar como uma holding que reúne as duas empresas de soluções para varejo, além de ter participação nas startups FishTank e NMind.

Criadora de um contador de fluxo de pessoas, a FishTank busca ajudar o varejista a mapear o comportamento dos consumidores dentro da loja física.

Já a NMind trabalha no cruzamento de dados do varejo para verificar o desempenho das marcas nos pontos de vendas.

A primeira delas está instalada no Sevna Seed, localizado no Supera, parque tecnológico de Ribeirão Preto.

Como uma das investidoras do Sevna, a Consinco acompanha as empresas aceleradas no espaço e busca novas oportunidades de aportes em startups com soluções complementares.

Além do investimento, a Consinco oferece mentoria nas áreas de negócios ligadas às especialidades da companhia. O Sevna Seed tem hoje cerca de 15 startups em processo de aceleração.

A tecnologia Consinco está presente em 36% dos maiores supermercadistas e em 56% dos maiores atacadistas de autosserviço do País, conforme os rankings da Associação Brasileira dos Supermercados (ABRAS) e da Revista Supermercado Moderno (SM) de 2017.

No entanto, no último ano o segmento virou alvo de mais empresas focadas em sistemas de gestão.

A Totvs, por exemplo, criou em 2018 uma companhia independente focada no setor de supermercados. A BCM é comandada por Marcos Biazi, ex-diretor da área de supermercados da Totvs, criada em agosto do ano passado.

Biazi era dono da RMS, uma companhia especializada no segmento de supermercados adquirida pela Totvs em agosto de 2013 por R$ 43 milhões. A nova empresa é um canal independente, mas conta com a “chancela Totvs”, que continua responsável pelo serviço prestado pelo canal.

Já a Senior adquiriu em 2017 a Gôndola Sistemas, empresa de Blumenau especializada em supermercados.