Depois da colheita, vem os impostos. Foto: Pexels.

A Agrária, uma das mais importantes cooperativas agroindustriais do país, adotou as soluções fiscais TDF da SAP e Tax One for SAP da Thomson Reuters, em um projeto conduzido pela Alliance.

O projeto durou cinco meses até o go live, feito em novembro do ano passado. A Agrária também migrou o seu sistema de gestão do ECC para o S/4 Hana, em um projeto entregue pela SPRO IT Solutions, parceira paranaense da SAP com foco em agronegócio.

O Tax Declaration Framework, conhecido pela sigla TDF, foi lançado exclusivamente para o mercado brasileiro em 2014.

O produto, desenvolvido no SAP Labs, centro de desenvolvimento da multinacional em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, usa o solução de processamento de dados em memória Hana para fazer análises de documentação tributária.

Essa abordagem atende a necessidade dos maiores clientes da empresa de eliminar gargalos no processamento das suas obrigações tributárias.

Já o Tax One for SAP é uma solução fiscal complementar ao TDF, visando atender as obrigações acessórias, federais, estaduais e municipais, além da apuração de impostos, relatórios gerenciais e calendário fiscal.

Ele foi criado pela BIT4B, uma empresa do grupo Alliance, e comprado pela Thomson Reuters, uma multinacional do segmento tributário, em 2019, um movimento que marcou a entrada da Thomson no mundo SAP (um movimento que tem se aprofundado recentemente).

Localizada no distrito de Entre Rios, em Guarapuava, no interior do Paraná, a Agrária conta com cooperados que atuam, principalmente, na produção de soja, milho, trigo e cevada. O faturamento em 2020 foi de R$ 4,9 bilhões.

A Alliance é uma das maiores consultorias especializadas no segmento tributário do país, com 200 consultores e uma carteira de quase 1 mil clientes, incluindo 10 dos 100 maiores contribuintes do país. A empresa trabalha com tecnologia da SAP, Thomson Reuters, Oracle e Blue Prism.