Stephen Timms. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Com um ano de presença no Brasil, a ClickSoftware divulgou números expressivos para sua operação na América Latina. Segundo a companhia, a região deverá gerar de 5% a 10% da receita de todas as Américas já em 2014. Para 2015, a expectativa é que a região chegue a 20% desse bolo.

Quem afirmou isso foi Stephen Timms, presidente de Vendas para Américas da ClickSoftware, ressaltou a importância da nova subsidiária brasileira, responsável por toda a operação na América Latina.

“Em um curto espaço de tempo, seremos a empresa de Work Force Management número um no Brasil e na América Latina, como já somos no restante do mundo”, declarou o executivo.

De acordo com Timms, o segmento de telecom é o de maior destaque para a ClickSoftware no país, com contratos grandes como foi o com a Oi, que usou as soluções de força de trabalho da empresa para o treinamento de suas equipes, em um projeto que envolve 40 mil técnicos.

A ClickSoftware vem fazendo investimentos consideráveis em três regiões estratégicas, visando um rápido crescimento: Brasil, África do Sul e Rússia. De acordo com Timms, a companhia enxerga grande potencial na América Latina e, individualmente, o Brasil se destaca como o país com o maior potencial.

“Eu fui o responsável por iniciar as operações da ClickSoftware na África do Sul e na França, e posso afirmar que em nenhum destes países fizemos tanta receita em tão curto espaço de tempo como no Brasil”, afirma Timms.

De acordo com Timms, a emrpesa estabeleceu o escritório de São Paulo há cerca de um ano, com "investimento significativos" planjeados ao longo de três anos, como explicou o presidente de vendas.

"Continuaremos ainda a fazer novos investimentos para localizar as nossas soluções. Estamos falando de milhões de dólares”, enfatiza Timms.

O foco principal da multinacional é nas verticais telecom e utilities, que representam 70% da renda global da empresa. Entretanto, a empresa também tem interesse em companhias de seguro, oil & gas e bens de capital. Este último segmento inclusive merece atenção especial da companhia no Brasil, uma vez que o país possui forte indústria de manufatura e de agronegócio.

“Isto cria enormes oportunidades. Acredito que estes dois mercados terão um peso maior no Brasil do que em outros países”, diz o executivo.

No Brasil, a ClickSoftware possui um modelo comercial baseado em vendas  diretas e indiretas. Hoje a companhia tem como principais parceiros a SAP, Sales Force e Accenture, além de manter uma parceria com a integradora nacional MPL.

“Na América Latina, optamos por este modelo de implementação com parceiros experientes devido à dificuldade em desenvolver serviços profissionais em escala e por ser uma forma efetiva de gerar receita de venda”, afirma Timms.