Foto: flickr.com/photos/cristic

Tamanho da fonte: -A+A

O Ministério das Comunicações divulgou a lista das 80 cidades que serão beneficiadas com o projeto piloto do Programa Cidades Digitais.

A região Sul conta com 15 municípios.

O estado do Paraná tem o maior número de cidades beneficiadas na região, com oito municípios contemplados: Assis Chateaubriand, Bandeirantes, Ibiporã, Palmas, Quatro Barras, Santa Cecília do Pavão, São Miguel do Iguaçu e Toledo.

No Rio Grande do Sul são seis – Candelária, Jari, Não-Me-Toque, Nova Bassano, Santo Ângelo e São Miguel das Missões.

Já Santa Catarina tem apenas uma representante: Joaçaba, a 390 quilômetros de Florianópolis.

Por meio do projeto de Cidades Digitais, o governo federal pretende melhorar a gestão e os serviços dos municípios, além de oferecer pelo menos um ponto de acesso público à banda larga.

“Queremos ajudar na prestação de serviços públicos via internet. Além disso, daremos maior publicidade às licitações feitas pelas prefeituras”, justifica a secretária de Inclusão Digital do ministério, Lygia Pupatto.

Para chegar às 80 cidades escolhidas os critérios foram: municípios de até 50 mil habitantes, localizados preferencialmente nas regiões Norte e Nordeste e distantes até 50 quilômetros das redes centrais de internet (backbones).

Além disso, foi avaliada a disposição das prefeituras em oferecer equipes para treinamento nas operações da rede, e cidades com menor índice de desenvolvimento.

No total, a lista tinha192 municípios.

“Até julho os editais para contratação das empresas integradoras regionais estará concluído. As empresas terão que entregar pronto o anel de fibra ótica já instalado e treinar funcionários e dar garantia de três anos”, informou a secretária.

Depois de três anos, a manutenção ficará a cargo das prefeituras.

A região com mais municípios beneficiados é a Nordeste (36). Na região Norte serão 13 cidades e nas regiões Sudeste e Sul serão 15 em cada. A Região Centro-Oeste foi contemplada com apenas uma localidade beneficiada: a Estrutural, uma das regiões administrativas mais pobres de Brasília.

A lista das 80 cidades selecionadas no projeto piloto Cidades Digitais está disponível no site do Ministério das Comunicações.