Facebook adquiriu startup de anúncios em vídeo. Foto: flickr.com/ksayer

O Facebook acaba de comprar a startup de anúncios em vídeo LiveRail, que conecta os comerciantes a editores de web e mobile para atingir 7 bilhões de anúncios em vídeo para os visitantes por mês. Fontes do TechCrunch afirmaram que o Facebook pagou entre US$ 400 milhões e US$ 500 milhões pela LiveRail, mas a empresa se recusou a comentar os termos.

Segundo o Facebook, a ideia é investir para manter a LiveRail. A empresa está avaliando como integrar os seus dados e planeja usar seu registro de informações para auxiliar a LiveRail com a sua segmentação e vice-versa. 

A aquisição da empresa de 170 pessoa pode ajudar o Facebook a conquistar uma fatia maior do mercado de publicidade em vídeo.

Fundada em 2007, a plataforma da LiveRail tem uma grande base de clientes, incluindo Major League Baseball, ABC Family, A&E Networks, Gannett, e Dailymotion. 

A LiveRail abastece editores com anúncios em vídeo para que eles possam ganhar dinheiro encaminhando mensagens relevantes para os clientes, e ajuda os comerciantes se conectarem com sites e aplicativos com inventário de anúncios de vídeo aberto.

Em 2013, LiveRail disse ao TechCrunch que estava no caminho para alcançar uma receita de US$ 100 milhões no ano, e que as receitas estavam crescendo 300% ano a ano. Apesar disso, hoje uma terceira fonte afirmou ao site americano que a empresa chegou a US$ 60 milhões em receita bruta e US$ 22 milhões em receita líquida em 2013.

A parte mais importante do LiveRail é sua plataforma de licitação em tempo real que pode avaliar dinamicamente o inventário de anúncios de vídeo aberto através dos editores que trabalha, e pode encontrar as melhores oportunidades de publicidade para os clientes.

As suas relações com comerciantes e editores irão ajudar o Facebook a alavancar o seu desejo de ser uma potência em anúncios em toda a web, e não apenas em suas próprias propriedades.