EDUCAÇÃO

Multivix digitaliza documentos com Stoque

03/09/2021 17:38

Até 2022, todas as instituições de ensino superior precisam ter o acervo em formato digital.

A capixaba tem mais de 40 mil alunos em educação presencial e EAD. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Multivix, grupo educacional do Espírito Santo, adotou a solução da Stoque, empresa de automação e digitalização de processos e documentos, para digitalizar o seu acervo acadêmico e realizar a gestão documental de toda a instituição.

Quando a pandemia começou, o grupo já tinha o processo de matrícula digital, mas ainda era preciso receber os documentos físicos dos novos alunos e enviá-los em malote para a validação na sede da instituição, o que demorava cerca de 15 dias para efetivar a matrícula. 

Com isso, a instituição adotou o Ábaris, software que funciona como Secretaria Acadêmica Digital (SeAD), e, hoje, essa captura acontece de forma digital.

O aluno envia os documentos pelo sistema on-line, eles são validados por uma equipe de backoffice de secretaria e a matrícula é concluída em até três dias, o que significa uma redução de 80% no tempo para conclusão desse processo.

A instituição de ensino também deixou de imprimir os novos contratos, reduzindo o uso de papel, e digitalizou o acervo físico, obedecendo a determinação do Ministério da Educação.

Segundo o Decreto 9.235/2017, as instituições de ensino superior precisam ter todos os documentos acadêmicos em formato digital até abril de 2022. A solução Ábaris SeAD já foi implementada em mais de 120 instituições.

"No início do processo, tínhamos 30 mil pastas de documentos de alunos, que ainda mantemos no arquivo físico, mas paramos de aumentá-lo, trazendo uma economia de espaço e tempo muito significativa. Atualmente, já temos mais de 60 mil pastas digitalizadas”, conta Alessandro Ventorin, gestor corporativo de tecnologia da informação e comunicação da Multivix.

Fundada em 1999, a Multivix tem mais de 40 mil alunos em educação presencial e EAD, com 300 polos em todo o país.

Com mais de 18 anos de mercado, a Stoque está presente em cinco capitais: Belo Horizonte (matriz), Belém, Brasília, São Paulo e Vitória, atendendo a mais de 1 mil clientes em todo o Brasil. Em 2019, recebeu um aporte de R$ 70 milhões do fundo de investimentos Kinase.

Veja também

PÚBLICO
Lajeado implanta software de gestão da Interact

Projeto teve início neste mês e deve levar um ano para ser implantado em toda prefeitura.

ASSINATURA
D4Sign contrata novo CTO

Bruno Kawakami era gerente de TI e head de cibersegurança da Dr. Consulta.

UNFOLLOW
Advogados querem ficar de fora da LGPD

Para a OAB-AM, categoria tem que decidir sobre dados dos clientes.

EDTECH
Ânima Educação compra Gama Academy

Acordo de aquisição começa com um investimento de R$ 33,8 milhões.

CHATBOT
Alicerce Educação atende alunos com Botmaker

Com aulas online e presencial, a edtech usa o bot para atender mais 64 mil mensagens por mês.

ADEUS
TI da Ufrgs: 25% estão fora do país

Levantamento feito pela universidade gaúcha dá uma dimensão da fuga de cérebros.