O lucro da Rovio foi de € 26,9 milhões em 2013. Foto: OlegDoroshin/Shutterstock.com.

A produtora de games finlandesa Rovio anunciou que planeja cortar 130 funcionários, o equivalente a 16% da sua equipe. 

Em um comunicado publicado nesta quinta-feira, 2, o CEO da empresa, Mikael Hed, justificou o corte dizendo que a Rovia teria “aumentado sua equipe com base em suposições de um crescimento maior do que o que realmente aconteceu”. 

Segundo o Wired, a notícia não é surpresa para quem acompanha a indústria de jogos móveis, que ao longo dos últimos anos vem apresentando empresas de um sucesso só, como os one-hit wonders do mundo da música. 

Antes da Rovio com o Angry Birds, houve a Zynga, cuja franquia FarmVille foi crescendo até ser destituída por ninguém menos do que o Angry Birds. 

O problema é que a Zynga já tinha crescido para cerca de 3 mil funcionários e era uma empresa de capital aberto. Ela tinha feito aquisições como o Draw Something, por US$ 180 milhões.

Assim, a Zynga foi forçada a demitir 520 funcionários, ou cerca de 18% da equipe.

Para evitar cair na mesma armadilha que a Zynga, a Rovio tentou tomar uma abordagem diferente para a indústria de jogos, comparando-se à Disney da era digital. 

A empresa lançou brinquedos físicos e até construiu uma série de parques de diversões em todo o mundo. No entanto, a fabricante finlandesa ainda cometeu um erro crítico: os jogos e parques eram todos com a temática Angry Birds. 

Mesmo prevendo que o seu jogo não duraria pra sempre, a Rovio cometeu o erro de acreditar que a marca Angry Birds faria sucesso eternamente. Se algo tão leve e acessível como um jogo para celular não sobrevive, é ainda menos provável que um parque temático todo construído com sua imagem suporte muito tempo de sucesso.

O Wired ressalta que essas questões não significam que a Rovio está morta, afinal, a Zynga segue atuando com sucesso moderado na indústria de jogos online. Ainda assim, a situação mostra que as empresas de jogos precisam aprender a não exagerar e perceber que seu primeiro jogo de sucesso não vai durar para sempre.

O lucro da Rovio foi de € 26,9 milhões em 2013, uma queda significativa em relação aos € 55,5 milhões alcançados no ano anterior.