TENDÊNCIAS

Santander: novos usos para o estacionamento

04/01/2021 12:56

Locais devem ser pontos de encontro para usuários do e-commerce Webmotors.

Logo será possível fazer de tudo no estacionamento das agências do Santander. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Santander vai usar os estacionamentos de algumas das suas agências físicas para ajudar nos negócios do Webmotors, site de venda de carros controlado pelo banco.

Os primeiros 10 locais escolhidos para a nova iniciativa ficam nas cidades de São Paulo, São Bernardo do Campo, Curitiba e Porto Alegre.

A ideia é oferecer um local para que as partes possam agendar uma conversa presencial e, assim, conhecer o carro, negociar valores e fechar negócio em um ambiente seguro e confortável.

Concessionárias e lojas de automóveis parceiras da Webmotors começam a utilizar os espaços nas agências para showroom.

Além disso, os locais terão franquias de restaurantes Subway e Espetto Carioca no formato food truck, além da gestora de estacionamento de bicicletas Bike & Park, e em alguns casos lojas da Loop, empresa de serviços de leilão rápido de veículos seminovos.

O Santander já tem mapeadas outras 300 agências, muitas delas com localizações privilegiadas, em condições de participar da iniciativa. 

Em nota, o banco afirma que todo o agito nos seus estacionamentos será feito “sem abrir mão das vagas usadas no dia a dia”, o que parece um pouco difícil de acreditar.

Por outro lado, é possível que o avanço do atendimento por canais digitais tenha tornado os estacionamento dos bancos físicos um espaço algo ocioso, ao qual o banco busca agora dar novos usos em linha com as últimas tendências de planejamento urbano.

 “Já é da natureza do endereço das agências uma localização prática e próxima dos clientes. De forma que oferecer novos serviços nos estacionamentos é uma maneira de melhorar a experiência do público que nos visita e valorizar a rede física de atendimento do banco”, completa o CEO da Webmotors, Eduardo Jurcevic.

A Webmotors foi criada em 1995 e é uma pioneira no assunto marketplace para carros na Internet brasileira.

Em 2002, o Banco Real comprou o site, para logo depois ser comprado ele mesmo pelo Santander, em 2008.

O motivo pelo qual o banco tem um site de e-commerce de carros é simples: a jornada de compra da Webmotors é integrada com a simulação de financiamento do Santander para as eventuais vendas.

Veja também

VENDAS
Volkswagen lança e-commerce no Brasil

Projeto da IBM usa Salesforce para integrar concessionárias em portal de vendas. 

CARROS
BMW aposta na AWS

Mais uma montadora decide migrar boa parte do seu ambiente para a nuvem.

AGRÍCOLA
YAK recebe aporte de R$ 1,2 milhão

Investimento na fabricante de tratores elétricos veio do programa Finep Startup, vinculado ao MCTIC.

AGRIDOCE
Battery Day da Tesla empolga e decepciona

Evento trouxe boas novidades sobre engenharia de produção. Para o mercado, pode ter sido um banho de água fria.

LIMPO
Uber: frota 100% elétrica até 2040

App de transporte promete colocar US$ 800 milhões na iniciativa. Faz diferença?

CARREIRA
Gazaffi, ex-Tivit, assume Sem Parar

Empresa é uma das maiores no setor de pagamento automático para carros no Brasil.

MEDIDAS
Executivos estacionam seu carro no SPCTowers

Prédios paulistas de alto padrão são a sede no país de empresas como IBM e Microsoft.

OCR
Itapoá tem cercamento eletrônico com Pumatronix

Com instalação da IESSA Tecnologia, município catarinense comprou 12 câmeras e sistema de monitoramento.