Certificação digital segura no SPC com Safeweb. Foto: Flickr.com/CentralEstrategica

O SPC Brasil contratou o sistema de Gestão de Documentos Eletrônicos para Autoridades de Registro (Gedar) da portoalegrense Safeweb, para otimizar a emissão de certificados digitais.

A solução será utilizada pela área de Certificação Digital do SPC Brasil que, assim como a Safeweb, é uma Autoridade de Registro vinculada à Autoridade Certificadora Serasa Experian e credenciada pelo Instituto Nacional de TI (ITI) para emitir certificados digitais no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil).

“Toda a infraestrutura do sistema será instalada no datacenter do SPC, em São Paulo, em breve”, afirma o diretor de TI da Safeweb, Luiz Carlos Zancanella Junior.

O executivo explica que o Gedar evita falhas no processo de certificação e minimiza a possibilidade de fraudes no mesmo, sendo usado desde o ano passado em todos os 110 postos de atendimento da Safeweb no Rio Grande do Sul e outros 11 estados brasileiros.

A solução agrega um fluxo lógico aos processos de digitalização e disponibilização de documentos, o que acaba por agilizar o trabalho de validação presencial realizado pelos agentes de registro na emissão do certificado do cliente e na conferência das informações para liberação do uso do mesmo.

Recursos como a importação de documentos e consulta a dados como o registro da Carteira Nacional de Habilitação, um dos documentos utilizados para identificação do cliente, também estão presentes na ferramenta.

Novo cliente da solução, o SPC Brasil tem o maior banco de dados da América Latina sobre crédito de pessoas físicas e jurídicas, reunindo 150 milhões de CPFs cadastrados.

Já a Safeweb atende a mais de 100 mil clientes em certificação digital e mais de 3,2 mil em NF-e e NFS-e, áreas em que também atua.

A carteira inclui nomes como Banrisul, Fiergs, TJ-RS, TRT-RS e Severo Roth, entre outros.

No ano passado, quando a companhia projetava faturar em torno de R$ 18 milhões, alta de 20% sobre 2011, a Safeweb iniciou a construção de uma nova sede em Porto Alegre, cinco vezes maior do que a anterior, somando 1.250 m².

A empresa deve começar a atender a partir do novo espaço, que permitirá subir o número de clientes atendidos de sete para 12 a cada 15 minutos só na área de emissão de certificados, em março.