A produção da Fort Mares supera 100 toneladas por dia. Foto: divulgação.

A Fort Mares, indústria catarinense do ramo de pescados, adotou o ERP da Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial. sediada em Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre.

De acordo com a empresa, a Fort Mares buscou um sistema de gestão porque foi identificado um gap no processo de controle de demandas, surgindo a necessidade de operar com mais eficiência e com base em dados.

“Estamos em um estágio de crescimento que precisávamos de uma ferramenta que nos auxiliasse a integrar com mais confiabilidade o administrativo com o parque industrial”, ressalta Jessyca Santos, diretora financeira da Fort Mares.

As instalações da Fort Mares compreendem mais de 11 mil m² de área construída em seu parque industrial, que é dotado de cais próprio no porto de Navegantes, o primeiro porto privado do país, inaugurado em 2007 na cidade catarinense de mesmo nome. 

No mercado há 24 anos, companhia trabalha com pescados, crustáceos e moluscos embalados e congelados, além de estocar a produção de terceiros e atuar no ramo de fabricação de gelo.

Atualmente, sua produção supera 100 toneladas por dia e suas câmaras de estocagem possuem capacidade de mais de 900 toneladas. 

A companhia conta com mais de 40 funcionários próprios e faturou cerca de R$ 20 milhões em 2018.

No mercado de software de gestão empresarial desde 1986, a Cigam possui uma das maiores bases instaladas de ERP do Brasil, sendo primeira na região Sul do país e a quinta no território nacional. 

Além do ERP, a empresa oferece soluções em CRM, BI, RH, PDV e Mobile.

Atualmente, conta com cerca de 800 profissionais em 80 unidades de atendimento distribuídas pelo país e uma no México. São mais de cinco mil clientes e uma taxa de fidelidade de 99,98%.