Blackberry vende unidade de P&D na Alemanha. Foto: divulgação.

A canadense BlackBerry anunciou nesta quinta-feira, 03, a venda de sua unidade de pesquisa e desenvolvimento na Alemanha para uma subsidiária da montadora Volkswagen.

A unidade de P&D será agora utilizada para a produção de sistemas de informação e entretenimento para o interior de veículos. Segundo destaca o Wall Street Journal, os valores da transação não foram abertos.

Com o acordo, os 200 funcionários do centro na cidade de Bochum, a 500 km de Berlim, serão transferidos para a empresa alemã, bem como os contratos de aluguel dos escritórios.

De acordo com a montadora, ao adquirir o centro da Blackberry, a empresa espera desenvolver com mais qualidade tecnologias para avançar em seus sistemas inteligentes para veículos.

A ideia é ter aplicações que conecte carros a serviços de compras, postos de gasolina, facilidades para evitar filas e pedágios, entre outros usos.

"Para ter a capacidade de vencer estes desafios, temos que expandir nossas opções através da aquisição de know-how adicional", afirmou o executivo da VW Heinz-Jakob Neusser.

Mesmo com a venda, a Blackberry não pretende abandonar suas soluções na área de automóveis. A QNX Software, divisão da companhia que desenvolve aplicações veiculares, continuará com suas pesquisas em Ottawa, onde fica a sede da Blackberry.

Segundo analistas, uma parte chave da luta da Blackberry para voltar ao azul no mercado está nos softwares que conectam carros e telefones. As soluções da QNX são usadas, por exemplo, por companhias como Chrysler, General Motors e BMW.

No entanto, nos próximos anos a briga deve se acirrar, com a entrada da Apple e Google no mercado. Recentemente a empresa de Mountain View anunciou sua entrada direta na disputa, com o lançamento do Android Auto, sistema desenvolvido em parceria com a Audi.

No início de 2014, a vida financeira da Blackberry continuou difícil, com uma receita de US$ 966 milhões no primeiro trimestre, o que representa uma queda de US$ 10 milhões - ou 1% - em relação ao mesmo período do ano anterior.