U-CHECK

Uber lança 1º recurso desenvolvido no Brasil

04/07/2019 17:05

Com a Serasa Experian, a empresa criou um sistema para validação das informações dos usuários do aplicativo.

Novo recurso do Uber foi criado no Centro de Desenvolvimento Tecnológico instalado pela empresa em São Paulo. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Uber e a Serasa Experian lançaram uma ferramenta para validação das informações dos usuários do aplicativo. A U-Check foi a primeira solução desenvolvida pelo recém-constituído time de engenheiros do Centro de Desenvolvimento Tecnológico instalado pela empresa em São Paulo, em parceria com o time de engenheiros da Uber em São Francisco (EUA).

O projeto, integrado com as soluções de qualidade de dados da Serasa Experian, permitirá que a Uber, a partir dos dados fornecidos pelo usuário no cadastro, como o CPF, obtenha informações adicionais via API.

"O compromisso com a segurança é a prioridade da empresa, por isso a Uber está permanentemente desenvolvendo e aprimorando soluções para tornar as viagens cada vez mais seguras e confiáveis", explica Marcello Azambuja, diretor do Tech Center da Uber no Brasil.

A verificação do cadastro cobrirá todos os novos usuários que optarem por não adicionar um cartão de crédito no momento de se registrarem já a partir deste mês.

"Dados precisos e confiáveis garantem a segurança e melhoram a experiência do usuário. A nova ferramenta, que integra a solução InfoMais da Serasa, irá facilitar as verificações cadastrais, tornando o sistema mais robusto", diz Luiz Junqueira, diretor de produtos da Serasa Experian.

O U-Check, primeira solução a ser desenvolvida internamente pelos engenheiros do Tech Center da Uber instalado em São Paulo, abre ainda novas possibilidades para verificações diversas no futuro. Além disso, também poderá ser utilizado pelo aplicativo no mundo todo.

O Tech Center é o primeiro centro de desenvolvimento tecnológico da empresa na América Latina e está inicialmente focado em soluções voltadas à segurança. 

A iniciativa deverá receber, ao longo dos próximos anos, investimentos na ordem de R$ 250 milhões e contar com cerca de 150 profissionais como engenheiros, desenvolvedores e pesquisadores de software, cientistas de dados e gestores de produto, entre outros.

Recentemente, a Uber anunciou a parceria com o Serpro para checagem de informações cadastrais dos motoristas parceiros em tempo real. Além disso, recentemente a empresa criou um processo de detecção automática de linguagem imprópria nas mensagens que são enviadas tanto no bate-papo do aplicativo - quanto nas viagens quanto no Uber Eats.

Veja também

TENDÊNCIA
Totvs tem fintech, mas não quer ser banco

O objetivo da empresa é atuar como uma ponte entre seus clientes e parceiros do mercado financeiro.

STARTUP
Veras, fundador da 99, integra conselho da CargoX

O conselho reúne nomes como Oscar Salazar, co-fundador da Uber, e Hans Hiclker, ex-CEO da DHL.

EMPRÉSTIMO
Startup de RH tem consignado na folha

Xerpa vai adiantar dinheiro pelas horas já trabalhadas. Preço: um cafezinho. 

CONCORRÊNCIA
Itaú tem transferência rápida para exterior

Mais um banco teve que se mexer em meio à competição das fintechs.

EVENTO
Zendesk e Microsoft patrocinam Parada Gay em São Paulo

Evento deve reunir 3 milhões de pessoas. Pauta da diversidade está em alta no setor de TI.

REDES
Como o service mesh pode ajudar seu negócio

O Service Mesh é uma camada de infraestrutura configurável e de baixa latência.

CARREIRA
Bossa Nova contrata nova community manager

Jeniffer Medeiros deve promover iniciativas de aproximação com os mais de 450 founders da Rede Bossa. 

COMPRAS
Walmart contrata ex-Amazon

Empresa cria cargo global de CTO e traz reforço da arquiinimiga. 

CAPITAL
Totvs capta R$ 1 bilhão na bolsa

Gigante de ERP aproveita a alta das ações na bolsa e reforça o caixa para valer.

COMPETIÇÃO
IBM lança Maratona Behind the Code

A jornada reunirá desenvolvedores de todo o Brasil em uma competição de codificação por 42 dias.

CACIFE
Nubank traz executiva do Vale do Silício

Renee Mauldin tem passagens pelo Twitter, Uber e Google.