Cemex quer parar os boatos de venda.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cemex divulgou uma nota nesta quarta-feira, 04, afirmando que não vai vender a Neoris, multinacional de TI que nasceu como um spin off da cimenteira mexicana.

Rumores sobre a possível venda da empresa tem circulado desde antes da assinatura de um acordo com a IBM para prestação de serviços de backoffice em RH e finanças por 10 anos há um mês.

O valor não foi divulgado, mas a Cemex afirma esperar economias de US$ 1 bilhão durante o período.

Antes da divulgação oficial do contrato, especulações na imprensa especializada apontaram que o negócio poderia envolver a venda da Neoris para a IBM.

No final de agosto, o CNN Expansión, canal de notícias em espanhol da rede americana, voltou a falar de uma venda, dessa vez para a também mexicana Sofftek.

Os boatos foram turbinados pelos problemas financeiros da Cemex – a empresa tem dívidas de US$ 7 bilhões - o que poderia fazer atrativo para a multinacional uma venda.

Já a Neoris é reconhecida pela sua área de SAP, com 3,5 mil empregados e faturamento de US$ 300 milhões em 2011. A Cemex é responsável por 15% da receita da Neoris.

“A Neoris deu muito resultado para a Cemex e continuará a fazer parte do nosso desenvolvimento futuro”, afirma na nota Fernando Gonzalez, vice presidente de Finança e Administração da Cemex.

O texto afirma ainda que o contrato assinado com a IBM não se sobrepõe com os serviços de consultoria de TI, desenvolvimento de aplicativos e implementação de serviços da Neoris, que permanecerá como “um parceiro estratégico da Cemex”.