MISSÃO

Governo vai à China buscar parcerias com parques

04/09/2013 15:20

Programação inclui visitas a centros de inovação, parques, incubadoras e universidades de Xangai, Wuhan e Pequim.
 

A muralha não está na programação da missão gaúcha, mas diversos parques de TI, sim. Foto: Flickr.com/travelntg

Tamanho da fonte: -A+A

O governo do estado realiza uma missão à China entre esta quinta-feira, 05, e a segunda, 16, em busca de parcerias na área da ciência e tecnologia.

A viagem é uma das etapas precursoras à visita oficial do governador Tarso Genro ao país, em dezembro, e reunirá integrantes do governo, a gerente Inovação e Tecnologia do Sebrae-RS, Marta Alejandra Folha Pastorino, e a analista do Tecnosinos, Sandra Schafer.

Segundo a secretária-adjunta de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Ghissia Hauser, a intenção é de estabelecer acordos bilaterais com parques tecnológicos e incubadoras chineses.

Entre as atividades da comitiva gaúcha, estão visitas ao Centro de Inovação e Tecnologia, Centro Nacional de Pesquisa em Engenharia de Nanotecnologia e Design Cluster, em Xangai; Parque Criativo e Incubadora, em Wuhan; Parque de Ciências Zhongguancun e Universidade Cai Jun-Tsinghua, em Pequim.

"Temos a expectativa de retornar com parcerias articuladas, que serão assinadas na missão oficial do governador à China", informa Ghissia.

A comitiva gaúcha também irá identificar possibilidades de cooperação na indústria criativa, nutracêutica (união da nutrição e farmacêutica), tecnologias agrícolas, saúde avançada, petróleo e gás, segundo nota oficial.

De acordo com a secretária, o sistema de softlandig (pouso suave), estrutura de acolhimento de pequenas empresas chinesas no Rio Grande do Sul, será analisado como forma de benefício mútuo.

"O softlanding também irá permitir que empresas gaúchas consigam se estabelecer na China", diz a secretária.

Veja também

OPORTUNIDADE
Senac promove missão no Vale do Silício

A viagem acontecerá entre 8 e 17 de novembro, com visitas confirmadas à Intel e um workshop em Santa Clara.

54,9 PETAFLOPS
China constrói computador "monstro"

Defina monstruosidade. Colocando isso em termos de hardware tecnológico, a China tomou a dianteira com o lançamento do Tinahe-2, um supercomputador capaz de uma velocidade de processamento de 54,9 petaflops.

A novidade asiática foi divulgada pela Computerworld. O "monstro" chinês tem mais que o dobro da velocidade do atual computador mais veloz do mundo, o Cray System, que fica no Oak Ridge National Laboratory, no Tennessee. O Cray system fica em humildes - em relação ao Tianhe-2 - 18 petaflops.

A máquina contem 32 mil processadores multicore Intel Xeon Ivy Bridge e 48 mil chips Xeon Phi, um co-processador baseado na arquitetura MIC (Many Integrated Core), da Intel.

Cada processador Phi corresponde a mais de 1 teraflop de velocidade, ou um trilhão de operações por segundo. Só para fazer uma comparação, um petaflop corresponde a mil teraflops, ou um quadrilhão de operações por segundo.

Enquanto o Tianhe-2 ainda seja feito de forma híbrida, com componentes chineses e norte-americanos, analistas apontam que os chineses tem tudo para se manter na dianteira no desenvolvimento de super hardwares.

"Pesquisadores dos EUA acreditam que a China está caminhando na direção de montar seu supercomputador feito totalmente de peças produzidas localmente, incluindo os chips", afirmou Patrick Thibodeau, da Computerworld.

Segundo especialistas, o plano dos chineses é produzir até 2020 o primeiro computador na casa dos exaflops - um exaflop equivale a mil petaflops. Já para os Estados Unidos, um computador desta magnitude só deve chegar na próxima década.

NI HAO
China Telecom chega ao Brasil

De olho nas transações Brasil-China, as empresas chegam a São Paulo com oferta de voz e dados para multinacionais nesses países.

S&P: China é oportunidade para o Brasil

Se abrir mais em relação à China é uma das medidas que o Brasil terá que adotar para se manter bem no panorama econômico mundial, sugere o diretor do grupo de ratings soberanos da Standard & Poor’s, Sebastián Briozzo.

Briozzo participou na manhã dessa sexta-feira, 02, no seminário Brasil de Amanhã, promovido pela Revista Amanhã, em Porto Alegre.