Prazer, Galaxy Gear. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Na corrida dos wearables - dispositivos de computação "vestíveis" - a Samsung será a primeira a chegar ao mercado consumidor. A companhia sul coreana anunciou nesta quarta-feira, 04, o lançamento do seu smartwatch, o Galaxy Gear, que deve chegar ao mercado mundial ainda em setembro.

Com o anúncio, a Samsung chega na frente da concorrência, como Microsoft e Apple, que também desenvolvem projetos de relógios inteligentes. Embora o Google já tenha pronto o seu wearable - o Google Glass - o lançamento comercial dos óculos ficou apenas para 2014.

Segundo informações do Financial Times, o Galaxy Gear será lançado em 149 países no dia 25 de setembro, com um preço estabelecido em US$ 299.

O smartwatch da Samsung funcionará conectado a smartphones da mesma marca, possibilitando aos usuários checarem seus e-mails, receber mensagens, escutar música e tirar fotos.

O relógio contará com um display AMOLED de 1.63" com resolução de 320 x 320 pixels. A câmera embutida terá resolução de 1.9 MP, com disparo rápido, e o processador do dispositivo será de 800MHz, com 512MB de RAM e 4GB de armazenamento.

Segundo fontes de mercado, a empresa coreana está otimista sobre o dispositivo, que pode trazer um novo crescimento para os negócios na Europa e EUA, onde as vendas de smartphones de alto nível estáo saturadas.

De acordo com a consultoria de mercado Canalys, o mercado de wearables tem tudo para crescer em 2014, puxando a nova geração de aparelhos para companhias como Apple, Google, Microsoft, Samsung e outras.

A Apple está ainda preparando o seu iWatch, cuja previsão de lançamento ficou para 2014, assim como o Google Glass. No entanto, ainda não se sabe muito sobre o iWatch, nem os recursos que ele oferecerá.

A Microsoft também não pretende perder este trem. A empresa de Redmond designou sua equipe do Surface para trabalhar no protótipo de seu smartwatch, conforme informações divulgadas em julho.

A companhia está desenvolvendo o novo dispositivo dentro de sua divisão dedicada ao tablet, que substitui a equipe de acessórios do videogame Xbox, que projetou o relógio inteligente como uma espécie de monitor cardíaco.