Baguete
InícioNotícias> Cloudera e Hortonworks: fusão de US$ 5,2 bi

Tamanho da fonte:-A+A

NUVEM

Cloudera e Hortonworks: fusão de US$ 5,2 bi

Júlia Merker
// quinta, 04/10/2018 15:02

A Cloudera e a Hortonworks firmaram um acordo para uma fusão das operações. O valor patrimonial combinado das duas empresas é de US $ 5,2 bilhões, com base nos preços de fechamento de suas ações na terça-feira, 2/10.

Tom Reilly, CEO da Cloudera. Foto: Divulgação.

As companhias são especializadas em Hadoop, plataforma de código aberto que deu origem a muitas empresas e um ecossistema de fornecedores nos últimos anos.

Com a complexidade do sistema, companhias como Hortonworks e Cloudera criaram ofertas para departamentos de TI que queriam a vantagem de uma plataforma de processamento de dados com grande capacidade, mas não queriam necessariamente construir o Hadoop do zero.

“Nossos negócios são altamente complementares e estratégicos. Ao reunir os investimentos da Hortonworks no gerenciamento de dados de ponta a ponta com os investimentos da Cloudera em armazenamento de dados e aprendizado de máquina, entregaremos a primeira nuvem de dados corporativos do setor que cobre desde Edge até IA”, afirma Tom Reilly, CEO da Cloudera, em comunicado.

As companhias combinadas terão 2,5 mil clientes e US$ 720 milhões em receita.

A Cloudera, que foi fundada em 2008, arrecadou mais de US$ 1 bilhão antes de abrir capital, em 2017, a grande maioria proveniente da Intel Capital. A Hortonworks, fundada três anos depois, arrecadou US$ 248 milhões.

Para o TechCrunch, empresas como as envolvidas na fusão oferecem maneiras diferentes para resolver a complexidade do Hadoop. No entanto, a publicação considera que, com novas soluções de big data baseadas na nuvem, rodar um sistema Hadoop passou a parecer um trabalho em vão.

Assim, a união das empresas busca combater um mercado fragmentado que já passou de seu ápice com as ofertas que deslancharam os negócios.

Júlia Merker