Miriam Ascenso, diretora de projetos do Movimento Brasil Digital. Foto: Divulgação.

O Movimento Brasil Digital, iniciativa voltada para digitalização que tem mantenedoras como Cisco, Embratel, Google, IBM, Intel, Microsoft e Oracle, acaba de contratar Miriam Ascenso como diretora de projetos.

Graduada em Relações Internacionais na Trevisan Escola de Negócios, Ascenso realizou cursos de formação executiva na Universidade de Stanford e no Insper. A profissional foi embaixadora da Brasil Junior na Europa e coordenou diferentes projetos na Fundação Brava, onde trabalhou por mais de sete anos.

“Estamos muito satisfeitos com a chegada da Miriam. Sua experiência em gestão contribuirá para estabelecermos um diálogo com os setores público e privado, a fim de discutir propostas que tragam tecnologia e inovação para o centro da estratégia do país”, afirma Thiago Camargo, CEO do Movimento. 

Criado em abril de 2018, o Movimento Brasil Digital busca promover o diálogo entre os setores público e privado, para a construção de propostas que tragam tecnologia e inovação ao centro da estratégia do país.

Hoje, são mais de 30 de empresas envolvidas: ArcelorMittal, Accenture, Autopass, Fundação Brava, Cielo, Cisco, Cubo, EDP, EY, Embratel, Fiap, FDC, Google, Globo.com, Gol, GPA, Great Place to Work, Green 4T, HSM, Huawei, IT Mídia, IBM, Intel, Korn Ferry, Microsoft, Oracle, PG Advogados, Sabin, Serasa Experian, Salesforce, Whirlpool e ZUP.

O CEO da iniciativa, Thiago Camargo, foi nomeado em abril. O executivo é advogado e mestre em administração pública pela Columbia University.

Camargo já atuou como Secretário Nacional de Políticas Digitais e Superintendente Executivo de Ciência, Tecnologia e Inovação do estado de Goiás.