Eduardo Carvalho. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Alog, provedora de infraestrutura de TI no país, anunciou o investimento de R$ 52 milhões para a terceira fase de seu data center em Tamboré, em São Paulo.

O site, focado em projetos modulares de colocation pra grandes empresas, recebeu aportes de R$ 60 milhões nas duas primeiras fases. No terceiro estágio, com a expansão, o data center terá no total 3.200 m² de piso elevado e capacidade total para 1.260 racks.

De acordo com a empresa, a segunda fase foi concluída em março e já está perto de preencher sua capacidade total de ocupação. Conforme Eduardo Carvalho, presidente da empresa, com a expansão, a capacidade do local será duplicada.

Atualmente, o site conta com 700 racks no site, 350 construídos em cada fase, já possuindo mais de 300 clientes. Segundo Carvalho, a tendência é de que ocorra aceleração da demanda por projetos de colocation com cages dedicados ao longo de 2014 e 2015.

"O mercado de data center possui grande potencial de expansão. No Brasil, 90% das empresas ainda mantêm suas infraestruturas de TI in house, o que representa uma grande oportunidade de negócios", observa.

O site, que também oferece serviços de hosting, cloud computing e gerenciamento de ambientes, tem foco nos setores de serviços financeiros, mídia e conteúdo, cloud e Enterprise.

Com este novo anúncio, os aportes da Alog em infraestrutura realizados no Brasil já somam cerca de R$ 176 milhões nos dois últimos anos. Além dos R$ 112 milhões projetados no data center de Tamboré, a companhia destinou R$ 24 milhões no upgrade de outros dois sites – no Centro de São Paulo e em Botafogo, no Rio de Janeiro.

A empresa também investiu R$ 40 milhões em seu segundo DC, recém-inaugurado, no Rio e prevê aportes adicionais de 85 milhões neste mesmo projeto.

No total, a Alog tem cerca de 550 colaboradores e atende mais de 1,5 mil clientes corporativos em seus quatro data centers nas cidades do RJ, SP e Tamboré. Combinados, eles somam 33 mil m² de área construída com capacidade para mais de 100 mil servidores.

Em fevereiro de 2011, a Alog vendeu 90% de seu capital para a empresa norte-americana Equinix, Inc, fornecedora global de serviços de data centers, passando a absorver a demanda dos clientes nacionais da multinacional.