Baguete
InícioNotícias> Salário de CSO terá maior alta em 2018

Tamanho da fonte:-A+A

TENDÊNCIA

Salário de CSO terá maior alta em 2018

Júlia Merker
// segunda, 04/12/2017 14:39

O Guia Salarial 2018, publicado pela consultoria Robert Half, aponta que o cargo da área de tecnologia que terá maior aumento no próximo ano é o de diretor de segurança (CSO). 

O Guia Salarial 2018 aponta que o cargo de CSO terá maior aumento salarial em 2018. Foto: Pexels.

A média de pagamento para a função deve subir 16,98%, ficando entre R$ 22 mil e R$ 40 mil por mês no próximo ano.

De acordo com o Guia, as empresas buscam hoje funcionários analíticos para a área de TI, que trabalhem na resolução de problemas e que atuem como parceiros de negócios. 

Com isso, existe um grande aquecimento em posições que revertam em venda e receita, como aquelas ligadas a business intelligence (BI), big data e transformação digital, áreas nas quais as empresas estão investindo.

Além do CSO, outros cargos que podem alcançar pagamentos de R$ 40 mil são diretor de TI (alta de 5,10% na comparação com 2017) e diretor de tecnologia (5,62%).

Robert_Half_Guia_2018

Na área de desenvolvimento, o cargo com maior aumento em 2018 será o de desenvolvedor mobile. A função deve ter alta de 13,33% no pagamento, com ganhos entre R$ 6 mil e R$ 11 mil.

A atuação de desenvolvedor full-stack terá uma valorização de 11,11%, com salários de R$ 5 mil a R$ 15 mil.

Outro aumento significativo será o do título de agile coach. O salário em 2018 deve ficar entre R$ 15 mil e R$25 mil, alta de 10,50%.

Nessas áreas, algumas habilidades podem gerar acréscimos ao pagamento. O trabalho com Java development, Javascript, Ruby, Python, Node.js e Angular.js pode gerar um bônus de 8%.

Robert_Half_Guia_2018_2

O segmento de big data promete aumento de 15,25% para especialista de big data e cientista de dados, com salários entre R$ 12 mil e R$ 22 mil.

Entre as diversas funções apresentadas no guia para a área de TI, a única que apresenta tendência de diminuição nos pagamentos é a de consultor ERP. O salário do cargo em 2018 será de R$ 5 mil a R$ 16 mil, com queda de 6.67%.

roberthalf_guia3

A Robert Half aponta que as cinco área que mais demandam profissionais para projetos especializados em 2018 são desenvolvimento de aplicativos e softwares, operações de suporte técnico, administração de sistemas, segurança de TI e administração de redes.

Nas empresas tradicionais, as áreas de operações e suporte tiveram pouca alteração nos últimos anos e a tecnologia mais recente percebida foi o avanço da cloud computing, que demandou muitos profissionais especializados nos últimos dois anos.

Outra tendência é a questão da segurança. Algumas empresas já começam a ter uma estrutura focada em segurança da informação. Antigamente, esse profissional era menos experiente e fazia parte do time operacional.

Hoje, a figura do CSO está cada vez mais presente em grandes corporações, com uma equipe focada em proteção de dados. Essa mudança no perfil tem proporcionado uma valorização.

A consultoria reforça que o profissional de segurança tem sido demandado, também, pelas startups, principalmente nas fintechs.

Júlia Merker