Saque e Pague estará no buliço do Mercadão. Foto: Flickr.

A Saque e Pague, rede de caixas multisserviços sediada em Porto Alegre, acaba de colocar os primeiros terminais em São Paulo, na capital.

Os quatro ATMs estão em localizações de grande circulação de pessoas como o Mercadão Central, Ceagesp – Sala Central Banking, Shopping Feira da Madrugada e Mercado Municipal da Lapa. 

O número é uma cifra pequena frente aos 800 pontos que a companhia já mantém em outros 15 estados brasileiros (em 2015 o número era 360).

Até o final de 2017, a Saque e Pague quer chegar a 1,5 mil pontos no Brasil.

As máquinas oferecem serviços gerais, como pagamentos de contas e recarga de celular e outros focados em clientes de bancos parceiros como de bancos estatais estaduais como Banrisul, Banese, Banestes, Banpará, bancos privados mais especializados como o Banco Topázio e, mais a nível de varejo, o Banco BMG. Também existem serviços em parceria com Maxxcard, Zuum e Good Card. 

A companhia é o novo empreendimento de tecnologia do no grupo Ernesto Corrêa, que em 2014 fechou a venda da processadora de cartões GetNet para o Santander por R$ 1 bilhão.

Além do cacife de Correa, a Saque e Pague reforçou seu posicionamento vendendo no final de agosto do ano passado 40% da empresa para a Stefanini.

A entrada da Stefanini deve fortalecer a operação com serviços como processo de compensação de cheques por imagem, BPO e telecom.