Anthony Deighton, CTO da Qlik. Foto: Divulgação.

A Qlik, fabricante de ferramentas de business intelligence, adquiriu a Idevio, provedora suéca de softwares e serviços geográficos. 

Além de expandir as capacidades de mapeamento da Qlik, a compra busca ampliar a atuação da empresa para além da visualização, a partir de novas soluções de análise avançadas. 

Com a Idevio, a companhia de BI também aumenta seu portfólio com o Qlik GeoAnalytics, plataforma para análises geoespaciais.

A Idevio possibilita aos usuários do Qlik Sense e QlikView adicionar mapas a suas aplicações. Assim é possível não apenas acessar as informações geoespaciais, mas cruzá-las com dados não-geográficos para  determinar o potencial de armazenamento de locais, entender a distribuição das vendas por meio do código postal, ou avaliar a cadeia de suprimento e tempo de entrega.

“Tecnologias emergentes, como a Internet das Coisas, têm produzido uma grande quantidade de dados referentes a localização. A análise dessas informações tem ganhado força entre nossos clientes, mas extraí-las e usá-las integralmente ainda é um desafio” declara Anthony Deighton, CTO da Qlik. 

A partir da associação com a Idevio, as companhias poderão entender com mais profundidade a relação entre dados comuns e geoespaciais. 

O novo Qlik GeoAnalytics já está disponível para o Qlik View, e a integração total com o Qlik Sense está prevista para o segundo semestre de 2017.

A Idevio foi fundada em 2002 e, em 2005, se tornou uma fornecedora de tecnologia das Forças Armadas Suecas.