Parceria para fornecimento de soluções. Foto: flickr.com/photos/ctjonline.

A PromonLogicalis e a Ascenty fecharam parceria para o fornecimento conjunto de soluções de TIC. Pelo acordo, a Ascenty responde pela infraestrutura básica de data center e a PromonLogicalis fica responsável pela infraestrutura tecnológica e a primeira camada de software. 

“A integradora torna-se uma importante parceira da Ascenty para fornecer equipamentos de rede, segurança, storage e soluções de banco de dados”, conta Renata Randi, diretora de marketing e alianças da PromonLogicalis.

Dessa maneira, ela afirma que a parceria permitirá a companhia entregar serviços com a confiabilidade de um data center Tier III. 

Sediado em Campinas, o data center conta com arquitetura modular de fácil crescimento e flexível para integração com novos clientes. A infraestrutura está preparada para ofertar soluções híbridas, colocation, hosting e cloud pública e privada.

São 1.500 km de redes de fibras ópticas no estado de São Paulo.

A Ascenty é o novo empreendimento do americano Chris Torto, que montou a Vivax, vendida para a Net em 2007. 

De acordo com informações veiculadas pela imprensa, a empresa começou com um aporte de  R$ 250 milhões feito por Torto e pelo fundo de investimento americano Great Hill Partners.

A nova companhia é resultado da fusão Metro Fiber Brasil Telecomunicações (MFB) e Data Centers do Brasil (DCB), duas companhias criadas por Torto, com o data center paulista Ascenty, comprado em fevereiro.

O grupo Ascenty é formado pela Ascenty Data Centers e a Ascenty Telecomunicações.

Já a PromonLogicalis atua em serviços e soluções de TIC com operações na Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, México, Peru e Uruguai.

A empresa, que é uma joint venture entre o grupo brasileiro Promon e a Logicalis, atende a 800 clientes, emprega cerca de 1,2 mil profissionais e fatura aproximadamente US$ 500 milhões ao ano.