AÉREA

Gol e Smiles buscam startups

05/08/2022 16:15

No radar, estão empresas de viagens, mobilidade, fintechs e loyal techs.

A frota da Gol consiste em 144 aeronaves Boeing 737 (Foto: Pexels/ Pixabay)

Tamanho da fonte: -A+A

A Gol Linhas Aéreas, uma das maiores companhias aéreas do Brasil, e a Smiles, sua empresa de programa de fidelidade, estão buscando startups voltadas para viagens, mobilidade, fintechs e loyal techs.

Junto à Ace Cortex, uma consultoria de inovação com sede em São Paulo, as marcas lançaram um programa de inovação aberta para promover parcerias, gerar oportunidade de negócio e realizar projetos-piloto para futuras contratações.

Segundo a companhia, o objetivo é conseguir novas soluções para melhorar a jornada de consumo dos clientes da Gol e da Smiles.

Isso inclui trazer inovações de meios e formas de pagamento, criar soluções para auxiliar os pontos de descolamento para reduzir o tempo de percurso e implementar plataformas de gestão e recursos tecnológicos para otimizar os sistemas. 

“A inovação aberta é um processo essencial para nós, pois permite acelerar as nossas entregas de maneira disruptiva e menos centralizada”, explica Luiz Borrego, CIO da Gol. 

Antes do lançamento do projeto, os times da Gol e da Smiles passaram por um treinamento de liderança de inovação aberta.

Há 21 anos no mercado, a Gol conta com uma equipe de 14 mil profissionais e sua frota consiste em 144 aeronaves Boeing 737.

Em 2018, a empresa lançou a GOLLABS, com intuito de ser um laboratório de inovação focado em experimentação e aprendizado.

Com 18 milhões de participantes, a Smiles tem a Gol como acionista majoritária e principal parceira comercial, além de mais de 60 outras companhias aéreas, que voam para mais de 1,6 mil destinos. 

Para acúmulo e resgate de pontos, a empresa também atua com outros tipos de parceiros, como bancos, administradoras de cartões de crédito, redes de varejo, hotéis, locadoras de carros e postos de combustível 

Fundada em 2012, com sede em São Paulo, a Ace Cortex é uma consultoria que atua desde o desenho da estratégia e planejamento até a execução dos projetos de inovação.  

A empresa possui mais de 140 clientes, já realizou mais de 300 projetos, atua em 15 países e gerou R$ 3 bilhões em novas linhas de receita e ganhos de eficiência.

Seu portfólio conta com clientes como Vale, Vivo, Unilever, Vibra, Gol, Ipiranga, Natura, Avon, Porto Seguro, Renner, Banco Pan, Electrolux, Panasonic, Bayer, Gerdau, Mastercard e Ambev.

Veja também

STARTUPS
Elo lança programa de inovação aberta

Projeto é voltado para startups que desenvolvem tecnologia 100% brasileira.

CVC
Lojas Renner faz seu primeiro aporte

Investida é a Logstore, em rodada liderada pela Domo Invest.

PARILLA
Uruguai tem startup quente de computação quântica

Quantum-South é a primeira latino-americana a ingressar na IBM Quantum Network.

CENÁRIO
O futuro das startups com a crise de venture capital

Problema é uma aversão temporária ao risco, não uma redefinição do modelo de crescimento das startups.

REALIDADE VIRTUAL
Hydro: tecnologia interativa com Ludus Studio

A norueguesa selecionou a startup paraense através do programa Minera Startup.