GLASSDOOR

SAS: o melhor balanço pessoal x profissional

05/09/2013 12:53

Das 25 listadas no ranking, só seis não são da área de tecnologia.

Família feliz, carreira feliz: equilíbrio medido pelo Glassdoor. Foto: Flickr.com/rossap

Tamanho da fonte: -A+A

O SAS, especializado em soluções e serviços de business analytics, foi apontado pelo ranking da Glassdoor de 2013 como campeã em qualidade no balanço entre a vida profissional e pessoal dos colaboradores.

Numa escala de 0 a 5, o SAS recebeu nota 4,5 para o nível de satisfação dos funcionários.

A empresa não é a única da TI: a lista traz, ainda, Slalom Consulting, Mitre, Orbitz Worldwide, Scottrade, Mentor Graphics, FactSet, Agilent Technologies, Nokia, MathWorks, Autodesk, AOL, Citrix, GlobalLogic, Yahoo, Tieto, todas em ordem direta logo após o SAS, e  STMicroelectronics e NetApp, nas duas últimas posições.

As únicas não TIs da lista são MasterCard, Morningstar, Shell Oil, Robert Bosch, Chevron e REI, ocupando da décima oitava à vigésima terceira colocações, respectivamente.

A pesquisa do Glassdoor é feita anualment e elege, a partir de respostas anônimas de funcionários das empresas avaliadas a questionários, as 25 que oferecem melhores condições ao equilíbrio e saúde de seus times.

Atrás do SAS, na lista deste ano, vêm: National Instruments, Slalom Consulting, Mitre, Orbitz Worldwide, Scottrade, Mentor Graphics, FactSet, Agilent Technologies, Nokia, MathWorks, Autodesk, AOL, Citrix, GlobalLogic, Yahoo, Tieto, MasterCard, Morningstar, Shell Oil, Robert Bosch, Chevron, REI, STMicroelectronics e NetApp.

A subsidiária brasileira do SAS, que atende a 200 clientes, mantém escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Os 180 colaboradores da companhia contam com recursos como salas de reuniões abertas, estações de trabalho sem divisórias e a chamada “sala de descompressão”, equipada com vídeo games, jukebox e mesa de pebolim, além de máquinas de sucos e petiscos.

Já o autor do ranking, o Glassdoor, é um portal voltado à coleta de opiniões anônimas de funcionários sobre os prós e contras de suas empresas e patrões.

A rede norte-americana foi lançada em 2008 e já fez diversas listas sobre CEOs e locais de trabalho com base nas avaliações das equipes.

Em 2010, lançou um serviço de classificação de perfis de empregadores, que permite às companhias pagarem taxas mensais para incluir "biografias oficiais corporativas”, listas de trabalho e feeds de seus Twitters em seus perfis, entre outros recursos.

Em 2012, o portal arrecadou US$ 20 milhões de capital de risco para apoiar a expansão fora dos Estados Unidos. Com isso, o financiamento externo já recebido pelo site totalizou US$ 42.2 milhões.

Veja também

IT'S THE ECONOMY
Qualidade de vida no trabalho em alta

Alta é de aproximadamente três vezes frente a uma média mundial de 24% nos 80 países pesquisados.

PRÊMIO
Avanade, Schneider e SAS no Top Employers

Pesquisa apontou empresas nacionais com melhores práticas de RH e benefícios a funcionários.

Receita da SAS cresce 5,2% em 2010

A receita da fornecedora de inteligência analítica SAS teve um crescimento de 5,2% em 2010, frente a 2009, com destaque para Business Analytics – alta de 26% no faturamento.

No total, a receita da empresa foi de US$ 2,43 bilhões, um recorde.

Por regiões, as Américas foram responsáveis por 46% da receita da SAS. Já Europa, Oriente Médio e África responderam por 42%. A Ásia e região do Pacífico contribuiu com os 12% restantes.