PERFIS

Locaweb compra Squid

05/10/2021 09:55

Startup de marketing de influência sai por R$ 180 milhões. 

Locaweb compra sem parar. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Locaweb comprou a Squid, uma startup focada em marketing de influência, por R$ 180 milhões.

A compra inclui ainda um valor não revelado para os fundadores, dependendo do cumprimento de metas.

Na prática, o que a Squid faz é intermediar publicações nas redes sociais de 100 mil dos chamados “influenciadores”, como são conhecidas as pessoas com influência em determinados nichos.

O valor é chamativo porque até agora a Squid só tinha tido um aporte de capital anjo, vindo da aceleradora gaúcha WOW.

No mais, a Squid cresceu baseada no próprio faturamento, o que é raro. A startup tem clientes como Natura, Unilever e Spotify e uma receita recorrente anual de R$ 100 milhões.

No ano passado, a Squid tinha 70 funcionários e 250 clientes ativos.

Os fundadores, Felipe e Carlos Tristan, são dois alunos da Engenharia da USP que fundaram o negócio em 2014 depois de sair da faculdade.

A aquisição é a segunda maior da história da Locaweb, atrás apenas da compra da Bling, uma startup gaúcha de software de gestão na nuvem, fechada em abril por R$ 524 milhões. 

O plano da Locaweb é o mesmo de sempre: fazer o cross selling da nova solução para seus mais de 600 mil clientes.

Um fator adicional é que muitos dos influenciadores da base da Squid estão se tornando empresas e são eles mesmos um público comprador potencial.

A Locaweb já fez 13 compras depois de abrir capital na bolsa em fevereiro de 2020.

Muitas outras compras devem vir pela frente.  Em fevereiro de 2020, a Locaweb revelou que tinha uma lista de compras com 107 empresas e já está em conversas com 36 delas para fechar possíveis fusões e aquisições.

Fundada no final dos anos 90 pelos primos Gilberto Mautner e Claudio Gora, a Locaweb tem 60% da sua receita vinda de hospedagem de sites, mercado no qual é líder no país com 21,6% de share, bem à frente do segundo player, a Hostgator, com 8%; e do UOL, com 6,6%.

Em 2020, a Locaweb teve um lucro ajustado de R$ 41,6 milhões, alta de 47,7% sobre 2019. A receita líquida apurada foi de R$ 488,2 milhões, um crescimento de 26,6% na mesma base de comparação. 

Veja também

BARBADA
Totvs pagou barato pela RD

É o que opina o BTG, que acha que a startup valia na verdade 55% mais.

E-COMMERCE
Locaweb compra Octadesk por R$ 102 milhões

Startup fundada em 2015 tem hoje 2,5 mil clientes dos seus chatbots.

NOMES
Costa, ex-RD, é VP da CondoConta

Fintech foca em soluções financeiras para condomínios e está capitalizada.

RH
Pulses recebe aporte de R$ 3 milhões

Scale-up é a primeira a receber recursos do novo fundo da Invisto com a Acate.

LEVOU
Accenture compra Experity

Empresa atua com CRM, CX e e-commerce de diferentes fabricantes.

REFORÇO
Compasso UOL compra agência digital nos EUA

Content Thread é sediada em Atlanta e especialista em tecnologias da Adobe.