IDENTIDADE

Valid: contrato de R$ 40 mi com SP

05/11/2013 11:12

Biometria está entre os serviços previstos no contrato. Foto: flickr.com/photos/agecombahia.

Tamanho da fonte: -A+A

A Valid será a responsável pela emissão das carteiras de identidade do estado de São Paulo por R$ 40 milhões por ano. 

O contrato prevê o desenvolvimento, a implantação, operacionalização e manutenção da central de emissão de documentos, postos descentralizados, identificação civil e criminal em prontuário eletrônico, captura ao vivo de imagens, fotos, assinaturas e impressões digitais, identificação do requerente, sistema central e comparação biométrica automática.

“Cada vez mais a sociedade demanda por documentos de identificação seguros e que adotem os melhores padrões de tecnologia, como a biometria, para impedir falsificações minimizando sobremaneira os prejuízos oriundos de fraudes, além de garantir maior segurança e confiabilidade aos documentos emitidos no Estado de São Paulo ”, destaca José Roberto Mauro, executivo-chefe da Valid.

Com duração de 27 meses, o acordo foi assinado pelo Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt, vinculado à Secretaria de Estado dos Negócios da Segurança Pública. 

Depois desse período, é possível renovar o contrato pelo mesmo tempo. 

A empresa fornece serviços de certificação digital; meios de pagamento com cartões, documentos de segurança e RFID; sistemas de identificação e telecomunicações. 

Entre seus clientes estão: Oi, Vivo, Claro, Brasil Telecom, BM&FBovespa, Detran SP, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa, Citibank, HSBC, Itaú, Santander e Unibanco.

A ação da Valid encerrou 2012 valendo R$ 45,50, mais que o dobro do registrado no ano anterior, quando era R$ 20,59. O valor de mercado da companhia no final do ano passado era de R$ 2,5 bilhões, ano em que movimentou cerca de R$ 7 milhões por dia na BM&FBovespa.

Veja também

Caixa: benefícios com cadastro biométrico

A Caixa Econômica Federal receberá do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) os dados do cadastro biométrico de eleitores, que servirão para evitar fraudes no pagamento de benefícios previdenciários ao contribuinte.

Segundo informa a Exame, a ideia é usar a tecnologia do cadastro biométrico para identificar o cidadão pela impressão digital e garantir a segurança no pagamento do Programa Bolsa Família e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

SÓ NO PAPEL
Problema em cartão com chip atrasa RG eletrônico

Um problema de execução de programa prejudicou e atrasou a emissão dos cartões com chip que irão substituir a carteira de identidade de cerca de dois milhões de brasileiros - o chamado Registro de Identidade Civil (RIC), lançado há mais de um ano pelo Ministério da Justiça.

FUTEBOL
Biometria nos estádios. É possível?

Avança projeto que obrigará times de Porto Alegre a ter biometria para torcedores.

SEGURANÇA
RG é alvo fácil para fraude

Jornalista da Folha de São Paulo consegue tirar RG em nove estados diferentes.

MODERNIZANDO
Curitiba usa biometria nos táxis

Tecnologia passa a fazer parte da rotina do serviço de táxi a partir do ano que vem.

PARLI
Stefanini: IA no atendimento

Empresa lançou a plataforma inteligente Parli, desenvolvida com a subsidiária Woopi.

EDUCAÇÃO
Microsoft fecha mega acordo em São Paulo

Empresa doará licenças do Office 365 Pro Plus a mais de 4 milhões de alunos do estado.

REDE ESTADUAL
Inglês a partir dos 6 anos em SP

Dez escolas disponibilizarão, duas vezes por semana, aulas de inglês para crianças a partir de seis anos.