A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas.

A Gerdau teve uma queda de 57,6% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2014, alcançando R$ 252,2 milhões, segundo resultados divulgados nesta quarta-feira, 4.

Já a receita líquida de vendas da empresa cresceu 2% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, ficando em R$ 10,7 bilhões.

O Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou 13,4% menor no 3T14, chegando a R$ 1,22 bilhão.

De acordo com a empresa, o lucro líquido consolidado apresentou redução em função do menor resultado operacional e maior resultado financeiro negativo, além do reconhecimento dos efeitos da adesão ao Refis sobre lucros gerados no exterior no valor líquido de R$ 87 milhões no 3T14. 

A empresa também afirma que, na comparação entre o terceiro de 2014 com 2013  “o maior resultado financeiro negativo é decorrente, principalmente, da maior variação cambial líquida negativa sobre os passivos contratados em dólar norte-americano e das maiores despesas financeiras decorrentes do aumento da dívida bruta nos períodos comparados”. 

A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, também produz aços planos e minério de ferro.

Com mais de 45 mil colaboradores, a Gerdau possui plantas industriais em 14 países - nas Américas, na Europa e na Ásia – que somam uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas de aço por ano.