A Rôgga substituiu as ferramentas de produtividade da Microsoft pela G Suite. Foto: Divulgação.

A Rôgga Empreendimentos, construtora e incorporadora com atuação em Santa Catarina, substituiu ferramentas de produtividade da Microsoft pela plataforma G Suite (antiga Google Apps).

A implantação do projeto e o treinamento da equipe foram feitas pela MovTI, parceira do Google em Santa Catarina. 

“A G Suite proporciona mais produtividade a nosso trabalho, graças à agilidade e confiabilidade na comunicação, velocidade em acessar conteúdo, praticidade em compartilhar informações e trabalhar em colaboração”, informa Franki Catafesta, coordenador de Tecnologia da Informação da Rôgga.

As mudanças impactam 135 funcionários da empresa. Em substituição ao Outlook, a construtora passou a usar o Gmail. Já documentos, planilhas, apresentações e formulários agora são feitos no Google Docs e armazenados no Drive, substituindo programas como Word, Excel e Powerpoint. 

Para facilitar a comunicação, trocas de mensagens de texto e videoconferências passam a ser feitas através do Hangouts, em substituição ao Spark. 

O coordenador de TI frisa que o compartilhamento é uma das maiores vantagens da migração, pois promove a integração dos setores da empresa. 

“Ficou fácil distribuir os arquivos sem precisar anexar nos e-mails, ganhando praticidade no processo. Ao compartilhar, você consegue identificar se a pessoa pode alterar ou apenas visualizar o arquivo”, detalha Catafesta.

A questão da limpeza de arquivos e as gratuidades oferecidas na plataforma também foram outros atrativos para a adoção do G Suite. 

“Inicialmente, estávamos procurando por outro sistema de e-mail, que facilitasse a questão do backup e tivesse uma ferramenta mais integrada de agenda. Pesquisamos os principais players do mercado e nos deparamos com o Google, que casou com a proposta que a Rôgga procura” , detalha. 

Segundo Catafesta, o Google prevê um tempo de 30 dias para adaptação e maturação da plataforma após a migração. Em paralelo a este período, a Rôgga está desenvolvendo uma nova intranet com uma das ferramentas do G Suite, para auxiliar e dinamizar a comunicação interna. 

“Também aproveitamos o processo de migração para trocar o nosso domínio de e-mail, criando uma padronização para facilitar o processo de comunicação e identificação da marca”, completa.

Desde o início das atividades, em 2006, a Rôgga já entregou 2.482 apartamentos, totalizando 45 torres distribuídas em Joinville, Jaraguá do Sul, Barra Velha, Balneário Piçarras e Penha. Atualmente, 1.446 apartamentos estão em construção. Para 2017, a construtora prevê o lançamento de seis empreendimentos, totalizando 1092 apartamentos e uma área construída de 134 mil m².

Mais de R$ 17 milhões estão sendo investidos pela empresa, com apoio da Finep, em inovações tecnológicas, para a implantação definitiva do sistema Rôgga Edifícios Sustentáveis (RES). 

“O objetivo é desenvolver empreendimentos projetados com soluções de sustentabilidade, que gera mais qualidade, mais competitividade e mais eficiência ambiental. O sistema RES resulta em até 80% de diminuição dos resíduos gerados durante a construção dos empreendimentos, entre outros benefícios”, informa Vilson Buss, diretor-presidente da Rôgga.