A Mastercard é cliente da Hanzo desde 2015. Foto: Divulgação.

A Hanzo, plataforma em nuvem focada no engajamento com o consumidor, acaba de receber um aporte liderado pelo fundo norte-americano DotCapital. A rodada de investimento também conta com participação da Mastercard.

Com sede em Nova Iorque, a Dot Capital é uma empresa de capital de risco especializada em investimentos em empresas de software como serviço, mídia digital e infraestrutura de internet. 

Já a Mastercard tem a Hanzo como fornecedora desde 2015. Recentemente, a contratada também desenvolveu o aplicativo móvel do Surpreenda, programa de fidelidade da Mastercard, em que é possível acumular pontos a cada transação com cartões de crédito e débito.

Em 2018, a Hanzo ainda foi selecionada para participar da oitava edição do Start Path, programa de aceleração global da Mastercard. 

"O programa Start Path tem como chave a aproximação com as startups, que tem sido fundamental para seu sucesso a longo prazo. Acreditamos em ajudar nossas startups a subir para o próximo nível, conectando-as a futuros parceiros de tecnologia e recursos”,  explica Ilana Messing, diretora do Mastercard Labs - Start Path para América Latina e Caribe.

A Hanzo oferece uma plataforma em nuvem que possibilita que marcas interajam com seus consumidores por meio de dispositivos móveis. O sistema tem módulos de Fidelidade, M-Commerce, Pay ahead, POS, entre outros.

Com o aporte, a startup pretende expandir os projetos para outros países. 

“O investimento da Mastercard dá um selo de garantia de qualidade para nossos produtos. Estamos ainda mais confiantes de estar no caminho certo”, diz Federico Pisani, CEO da Hanzo.

Entre as 12 empresas atendidas pela Hanzo estão Petz, Mastercard, Unilever, Kibon e algumas franquias do segmento de restaurantes, como Vinil Burger. 

“Atualmente, nosso time é formado por 30 profissionais, atuando em países como Brasil, Estados Unidos, Costa Rica e na Europa. Nosso objetivo para 2020 é dobrar de tamanho e triplicar até 2021”, explica Pisani.