DATA CENTER

Dell moderniza braço de TI da Lufthansa

06/02/2013 14:06

Empresa de TI da aérea presta serviços a 16 países, incluindo o Brasil, onde um cliente é a Gol.

Lufthansa Systems modernizou data center com Dell. Foto: Flickr.com/loop_oh/

Tamanho da fonte: -A+A

A Lufthansa Systems, braço de serviços de TI da companhia aérea alemã Lufthansa que atende a empresas de 16 países, incluindo o Brasil, fechou um contrato com a Dell para modernizar seu data center.

O acordo envolve a implantação de servidores blade Dell PowerEdge de 12ª geração com Windows Server 2012, conectados a storage arrays Dell PowerVault MD3220i iSCSI.

A nova performance dos servidores dobrou a capacidade das máquinas virtuais da Lufthansa, garante Bardo Werum, VP de Infraestrutura da área de TI da companhia.

“Nossos clientes de todos os países demandam eficiência de custos e plataformas estáveis para rodar suas aplicações. As soluções suportarão as inovações das empresas”, explica ele.

Com a nova estrutura, a Lufthansa pode escalar o cluster de quatro núcleos Windows Server 2008 R2 Hyper-V para um cluster de 16 núcleos enclausurado em um único blade.

“Além disso, com o aumento da capacidade de memória dos blades Dell PowerEdge M620 rodando com Windows Server 2012, aumentamos a performance dos servidores e respondemos mais rapidamente quando clientes precisam escalar cargas de trabalho”, destaca o VP.

O trabalho também contemplou o sistema de gerenciamento Dell OpenManage, com o qual a empresa administra o ambiente de TI e especifica a quantidade de energia consumida em cada servidor.

A Lufthansa Systems atua em consultoria e serviços de TI para indústrias de aviação, transporte e logística, comunicações e mídia, energia, turismo e outras.

A companhia emprega três mil pessoas e faturou € 599 milhões em 2011.

No Brasil, um dos clientes é a Gol, que conta com a suíte NetLine da Lufthansa Systems, para gestão de recursos e processos operacionais, entre outras ferramentas e serviços.

Veja também

GRUPPEN
Miolo renova infra e virtualiza com Dell

Vinícola de Bento Gonçalves renovou parque, virtualizou servidores e melhorou em 50% a performance do ambiente.

LUCRO CAI 47%
Dell: queda nas receitas e compra em nuvem

Lucro líquido caiu 47% e foi a US$ 475 milhões e a receita amargou queda de 11%, indo a US$ 13,7 bilhões no 3T12.

EMIRATES, TAP E MAIS
Alert Brasil assume SAC de oito aéreas

Empresa de Campinas torna-se o contact center da Emirates, Tap Portugal, South African Airways e outras no Brasil.

Gol vende passagem aérea no Trensurb

A Gol abriu na última segunda, 02, um ponto de venda de passagens aéreas na estação Mercado do Trensurb, em Porto Alegre.

A companhia, que é pioneira na venda de passagens aéreas em metrôs e nas regiões populares, está apostando no poder de compra da nova classe média brasileira – que representa cerca de 40% dos passageiros da Gol – para turismo doméstico.

Demanda baixa vai decolar passagens aéreas

O setor aéreo brasileiro se prepara para uma temporada de baixa demanda e altas tarifas.

Segundo informa a Folha de São Paulo dessa quarta-feira, 07, o novo cenário é reflexo da demanda retraída, do combustível mais caro e de um crescimento econômico reduzido pela crise europeia.

Empresas como a Gol já elevaram em 7% o preço do quilômetro voado na comparação entre outubro de 2010 e outubro de 2011, segundo o jornal.